Narrativas e identidades de uma idosa aprendendo língua estrangeira (inglês)

Autores

  • Hélvio Frank de Oliveira Faculdade de Letras/UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v23i1.26701

Resumo

Esta pesquisa, baseada no paradigma qualitativo e configurada por um estudo de caso interpretativista, tem por objetivo analisar e discutir, por meio do uso de narrativas e observações em sala de aula, com registro de notas de campo, o movimento da (re)construção da/s identidade/s de uma idosa aprendendo língua estrangeira (inglês) na Educação de Jovens e Adultos durante o segundo semestre letivo do ano de 2009. Os resultados apontam para o fato de que os componentes identidade/s, língua e cultura estão atrelados na relação complexa e individual de se aprender língua estrangeira. Tais componentes, por meio de práticas discursivas, de certo modo, representam e/ou moldam as ações da participante em sala de aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hélvio Frank de Oliveira, Faculdade de Letras/UFG

Doutorando em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás. Professor efetivo e coordenador do Estágio Supervisionado do Departamento de Letras (Português/Inglês) da Universidade Estadual de Goiás.

Downloads

Publicado

2013-10-02

Como Citar

OLIVEIRA, H. F. de. Narrativas e identidades de uma idosa aprendendo língua estrangeira (inglês). Revista Polyphonía, Goiânia, v. 23, n. 1, 2013. DOI: 10.5216/rp.v23i1.26701. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/26701. Acesso em: 17 jul. 2024.