Educação a distância: possibilidades e desafios para inclusão de avaliação diagnóstica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v22.74768

Resumo

Este artigo resulta de uma pesquisa bibliográfica que discute em torno das considerações sobre as possibilidades e os desafios da inclusão de uma avaliação diagnóstica no Programa de Ensino Secundário à Distância, do primeiro ciclo em Moçambique, tendo como cerne a captação e valorização das experiências e dos conhecimentos prévios dos alunos para a aprendizagem. Ademais, esta pesquisa busca subsidiar as instituições moçambicanas que lidam com a educação à distância no nível secundário, designadamente o Instituto de Educação Aberta e à Distância, o Instituto Nacional de Educação a Distância e o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, de modo que ofereçam serviços educacionais a distância baseados na aprendizagem significativa, partindo dos saberes prévios dos alunos, bem como na observância das tipologias de avaliação consagradas no processo de aprendizagem, nas modalidades presencial e à distância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

28-12-2022

Como Citar

TUMBO, F. L.; DENGO , A. L.; MONDLANE, B. O.; GUAMBE, C. E. A. Educação a distância: possibilidades e desafios para inclusão de avaliação diagnóstica. Revista UFG, Goiânia, v. 22, n. 28, 2022. DOI: 10.5216/revufg.v22.74768. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/74768. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê A inclusão na educação superior: o olhar a partir de Brasil, Moçambique e outros países