Atividades extensivas do movimento (auto)biográfico da Educação Musical no Brasil -

ponderações teórico-metodológicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v22.72968

Resumo

Este relato objetiva apresentar ponderações teórico-metodológicas, possibilitadas pelas atividades extensivas do Movimento (Auto)biográfico da Educação Musical no Brasil, desenvolvidas por dois grupos de pesquisas e vinculadas a uma instituição da região Norte do Brasil. Tal reflexão parte das perspectivas e dos estudos desenvolvidos por duas estudantes que delas participaram, e problematiza, especificamente, como a perspectiva (auto)biográfica se apresenta enquanto metodologia de pesquisa, meio para produção de conhecimentos e formação. Com isso, é possível verificar que atividades extensivas, articuladas ao ensino e à pesquisa, não somente frutificam e consolidam conhecimentos que ultrapassam a academia, como, também, têm a potência de resultar em trabalhos em rede interinstitucionais que desenvolvem estudos e pesquisas juntamente à comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

26-12-2022

Como Citar

ISRAEL, M. F.; CASSIANI, Y. C. R.; ALMEIDA, J. de. Atividades extensivas do movimento (auto)biográfico da Educação Musical no Brasil -: ponderações teórico-metodológicas. Revista UFG, Goiânia, v. 22, n. 28, 2022. DOI: 10.5216/revufg.v22.72968. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/72968. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê O espaço auto/biográfico na cultura e na extensão universitárias