Pensando na universidade e extensão da formação de professores em arte do Uruguai

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v21.70529

Resumo

O principal objectivo deste artigo é dar uma olhada no processo de construção de um espaço de formação para professores no Instituto "Escuela Nacional de Bellas Artes" da Universidade da República (UDELAR). Desde a implementação do Projecto de Formação Didáctica de Professores da Universidade em 2001, o Instituto "Escola Nacional de Belas Artes" e a Escola Superior de Música iniciaram uma série de processos de transformação institucional que constituem desafios colectivos para reflectir sobre o projecto educativo relacionado com as artes na Universidade, e que encontra no ano 2021 uma etapa importante do ponto de vista institucional, com a conformação da Faculdade de Artes.  A modificação da estrutura universitária, ligada à implementação de novos cursos de licenciatura e ao firme empenho na descentralização geográfica, constituem elementos inevitáveis na análise do papel docente no campo do ensino das artes na Universidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gonzalo Vicci Gianotti, Universidade da República (UDELAR), Montevidéu, Montevidéu, Uruguai, gonzalovicci@gmail.com

 

 

Publicado

27-12-2021

Como Citar

VICCI GIANOTTI, G. Pensando na universidade e extensão da formação de professores em arte do Uruguai. Revista UFG, Goiânia, v. 21, n. 27, 2021. DOI: 10.5216/revufg.v21.70529. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/70529. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê - Cultura e Universidade