A estreia de Verdi no continente americano

reminiscências da première de Ernani no Brasil, em 1846

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v20.64530

Palavras-chave:

Verdi, Ernani, Ópera no Brasil, Marinangeli

Resumo

Em 1845 o tenor e empresário Giuseppe Marinangeli (c.1818-1876) retornava ao Brasil ao lado de alguns artistas líricos, dentre eles a sua jovem esposa, a soprano Marietta Marinangeli. Com eles viriam novidades líricas para palcos brasileiros, incluindo a estreia de Ernani e consequentemente de Verdi, no continente americano. Essa première se deu em Recife e foi repetida no Rio de Janeiro. O texto recupera registros sobre tais apresentações e busca contextualizar aquele momento, tanto pelos acontecimentos como pelos personagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcio Leonel Farias Reis Pascoa, Universidade do Estado do Amazonas, Manaus, Amazonas, Brasil, mpascoa@uea.edu.br

Doutor em Ciências Musicais pela Universidade de Coimbra. Professor da Universidade do Estado do Amazonas. Membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Letras e Artes (PPGLA-UEA). Coordenador do Laboratório de Musicologia e História Cultural da UEA. Investigador da Universidade Nova de Lisboa, no Centro de Estudos em Estética e Sociologia Musical (CESEM) e membro do Conselho Científico do Núcleo Caravelas de Estudos Luso-Brasileiros da mesma instituição. É um dos coeditores da História Temática da Música em Portugal e no Brasil.

Downloads

Publicado

2021-02-24 — Atualizado em 2021-11-14

Versões

Como Citar

PASCOA, M. L. F. R. A estreia de Verdi no continente americano: reminiscências da première de Ernani no Brasil, em 1846. Música Hodie, Goiânia, v. 20, 2021. DOI: 10.5216/mh.v20.64530. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/64530. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos