Confiabilidade Inter-examinadores da Escala de Relação Criança-Terapeuta na Experiência Musical Coativa para validação no contexto brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v20.64243

Palavras-chave:

Escala de Relação Criança Terapeuta na Experiência Musical Coativa. Musicoterapia. Confiabilidade inter-examinadores. Validação.

Resumo

A Escala de Relação Criança-Terapeuta na Experiência Musical Coativa é utilizada desde a década de 1960 nos Estados Unidos. Esta escala avalia em sete graus os níveis de participação e a qualidade de resistividade observáveis durante um atendimento de Musicoterapia.  Para que ela seja utilizada no Brasil, é necessário um processo de validação. Escolhemos para esse processo o Modelo Universalista de Validação. Com base nisto, medimos a equivalência de mensuração da escala através do teste de confiabilidade inter-examinadores. Os escores Inter-examinadores apresentaram média de correlações (Spearman) fortes, indicando evidências de confiabilidade para a versão brasileira da escala.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Moreira Brandão André, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, aline.musicasax@gmail.com

Aline M. B. André é doutoranda em Música na Universidade Federal de Minas Gerais, tem mestrado em Música (2017) e bacharelado em Música - Musicoterapia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2014). Participou de pesquisas nos seguintes temas: protocolo de atendimento, transtorno do espectro do autismo, patologias neurológicas, musicoterapia improvisacional, musicoterapia neurológica e Escalas Nordoff Robbins.

Cristiano Mauro Assis Gomes, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasi, cristianomaurogomes@gmail.coml

Cristiano M. A. Gomes tem doutorado em Educação - UFMG, Pós-Doutorado em Psicologia Educacional, Universidade do Minho, Portugal. É Professor do Departamento de Psicologia da UFMG, Professor do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (UFMG e do Programa de Pós-Graduação em Neurociências (UFMG). Coordenador do Laboratório de Investigação da Arquitetura Cognitiva (LAICO). Bolsista de Produtividade nível 2, CNPq.

Cybelle Maria Veiga Loureiro, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, cybelleveigaloureiro@gmail.com

Cybelle M. V. Loureiro tem bacharelado em Música; Graduação em Musicoterapia – Iowa University-EUA; Mestrado em Música –EM-UFMG; Doutorado em Medicina – FM-UFMG e é Coordenadora da Habilitação-Musicoterapia ESMU-UFMG, Professora da Pós-graduação em Música da ESMU-UFMG e Neurociências – ICB-UFMG

Downloads

Publicado

2020-11-06 — Atualizado em 2021-11-14

Versões

Como Citar

MOREIRA BRANDÃO ANDRÉ, A.; MAURO ASSIS GOMES, C.; MARIA VEIGA LOUREIRO, C. Confiabilidade Inter-examinadores da Escala de Relação Criança-Terapeuta na Experiência Musical Coativa para validação no contexto brasileiro. Música Hodie, Goiânia, v. 20, 2021. DOI: 10.5216/mh.v20.64243. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/64243. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos