O processo de digitação ao violão para o Prelúdio BWV 997 de Johann Sebastian Bach

Autores

  • Maurício Nunes
  • Alisson Alípio

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v16i2.45310

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar uma digitação para o Prelúdio BWV 997 de Johann Sebastian Bach. Identificamos e classificamos os motivos presentes na obra. Em seguida, apresentamos uma digitação para os mesmos, que refletisse lógica e unidade e, consequentemente, para todo o Prelúdio. Assim, comparamos as edições, Frank Koonce e Frédéric Zigante, que utilizamos como edições de referência, abordamos algumas problemáticas ao digitar a obra de Johann Sebastian Bach para violão e concluímos com a elaboração de uma edição prática da referida obra, por entendermos que a digitação também é um elemento interpretativo. Palavras-chave: Repertório de violão; Digitação ao violão; Edição de performance.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-02-13

Como Citar

NUNES, M.; ALÍPIO, A. O processo de digitação ao violão para o Prelúdio BWV 997 de Johann Sebastian Bach. Revista Música Hodie, Goiânia, v. 16, n. 2, 2017. DOI: 10.5216/mh.v16i2.45310. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/45310. Acesso em: 8 dez. 2023.

Edição

Seção

Artigos