Composição do Ponteio Nº 5 de Pedro Miguel a partir da Modelagem Sistêmica do Ponteio Nº 15 de Camargo Guarnieri

Autores

  • Pedro Miguel de Moraes
  • Liduino Pitombeira

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v13i2.27976

Resumo

Este artigo apresenta as etapas da modelagem de um sistema composicional baseado na análise do Ponteio Nº 15, de Camargo Guarnieri, e a posterior utilização deste sistema na composição de uma peça original para piano, Ponteio Nº 5, do compositor Pedro Miguel. A modelagem de sistemas composicionais consiste na formulação de definições a partir da observação do comportamento de parâmetros musicais de determinada obra, se configurando, assim, como uma atividade de reengenharia composicional. Este trabalho utiliza referenciais teóricos da Teoria Geral dos Sistemas, especialmente Bertalanffy (2008), da Teoria dos Sistemas Composicionais (LIMA, 2011) e é apresentado essencialmente em duas fases: a primeira referente à modelagem do sistema composicional definido a partir da análise do Ponteio Nº 15 de Guarnieri e a segunda referente ao planejamento e composição de uma obra para piano a partir do sistema modelado. Este trabalho visa contribuir, do ponto de vista analítico, para a compreensão da linguagem guarnieriana, e, do ponto de vista composicional e pedagógico, para a sistematização de uma prática composicional racional. Palavras-chave: Modelagem sistêmica; Ponteio Nº 15 de Camargo Guarnieri; Sistemas composicionais; Análise musical.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-01-21

Como Citar

MIGUEL DE MORAES, P.; PITOMBEIRA, L. Composição do Ponteio Nº 5 de Pedro Miguel a partir da Modelagem Sistêmica do Ponteio Nº 15 de Camargo Guarnieri. Música Hodie, Goiânia, v. 13, n. 2, 2014. DOI: 10.5216/mh.v13i2.27976. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/27976. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos