CONSIDERAÇÕES SOBRE AVALIAÇÃO COMPOSICIONAL

Autores

  • Silvio Ferraz

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v5i2.2470

Resumo

O artigo trata da questão da avaliação composicional, sobretudo no ofício do compositor-professor. Questiona os modos de avaliação pautados em julgamento, sejam aqueles de foro tradicionalista ou aqueles aparentemente de vanguarda. A discussão tem por base a idéia da composição musical como um plano de imanência, como proposto por Gilles Deleuze, no qual a incidência de um plano anexo de explicação e justificativa não tem lugar. Comenta também uma bibliografia recente concernente a avaliação em composição musical.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-11-24

Como Citar

FERRAZ, S. CONSIDERAÇÕES SOBRE AVALIAÇÃO COMPOSICIONAL. Música Hodie, Goiânia, v. 5, n. 2, 2007. DOI: 10.5216/mh.v5i2.2470. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/2470. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos