A PRÁTICA CORAL NA ATUALIDADE: SONORIDADE, INTERPRETAÇÃO E TÉCNICA VOCAL

Autores

  • Angelo José Fernandes, Adriana Giarola Kayama e Eduardo Augusto Östergren

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v6i1.1865

Resumo

Este trabalho é uma reflexão sobre a figura do regente coral em suas funções de criador sonoro, intérprete e preparador vocal. O artigo discute a importância da sonoridade na performance coral, bem como sua adequação aos diversos estilos de música coral através de um trabalho de exploração e variação de aspectos estilísticos. Aponta-se o preparo vocal como principal ferramenta para a construção da sonoridade coral bem como para o desenvolvimento da variação sonora, e propõem-se caminhos para o trabalho com os vários aspectos técnicos da sonoridade de um coro: produção vocal, dicção, registração vocal, timbre, vibrato, homogeneidade, equilíbrio, afinação e precisão rítmica.
Palavras-chave: Música Coral; Regência Coral; Sonoridade Coral; Interpretação Musical; Técnica Vocal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2007-11-07

Como Citar

ADRIANA GIAROLA KAYAMA E EDUARDO AUGUSTO ÖSTERGREN, A. J. F. A PRÁTICA CORAL NA ATUALIDADE: SONORIDADE, INTERPRETAÇÃO E TÉCNICA VOCAL. Música Hodie, Goiânia, v. 6, n. 1, 2007. DOI: 10.5216/mh.v6i1.1865. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/1865. Acesso em: 5 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos