MÚSICO-PROFESSOR: UMA QUESTÃO COMPLEXA

Autores

  • Scheilla Glaser e Marisa Fonterrada

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v7i1.1741

Resumo

Resumo: Este artigo tece considerações a respeito do ensino do piano e da formação do músico professor em São Paulo. Apresenta resultado de pesquisa concluída em 2005, que abordou o assunto partindo de pressupostos pedagógicos contidos em cursos de música. A pesquisa foi fundamentada filosoficamente no Pensamento Sistêmico, segundo Vasconcellos (2002), e em Carl Rogers para o estudo do ensino centrado no aluno. A metodologia utilizada foi diferenciada para cada segmento da investigação, amparando-se na definição de método por Fachin (2002).
Palavras-chave: Ensino do piano; Músico-professor; Carl Rogers; Aprendizagem significativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-11-07

Como Citar

MARISA FONTERRADA, S. G. e. MÚSICO-PROFESSOR: UMA QUESTÃO COMPLEXA. Música Hodie, Goiânia, v. 7, n. 1, 2007. DOI: 10.5216/mh.v7i1.1741. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/1741. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos