AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR E PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO: TENSÕES, MUDANÇAS E PERSPECTIVAS

Autores

  • Lúcia Maria de Assis Universidade Federal de Goiás(UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, luciamariadeassis@gmail.com
  • Aline Fagner Carvalho Costa Programa de Educação Ambiental de Educadores (PEAT), Oriximiná, Pará, Brasil, alinefagner@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-6576-7486
  • Pedro Isaac Ximenes Lopes Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, Rio Grande do Norte, Brasil, Universidade Potiguar (UnP), Natal, Rio Grande do Norte, Brasil, pedro_isaac@ct.ufrn.br http://orcid.org/0000-0003-0788-8842
  • Daniela Fernandes Gomes Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), Montes Claros, Minas Gerais, Brasil, danielafg1412@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-8931-8837

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v45i3.62178

Resumo

O objetivo deste estudo é problematizar as políticas públicas para avaliação, regulação e supervisão da Educação Superior brasileira, ao relacioná-las às Metas 12, 13 e 14 do PNE relativas ao Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), Lei n. 10.861 de 2004. É um estudo teórico e documental, ancorado em Dourado (2017 e 2018); Barreyro e Rothen (2006 e 2011); Dias Sobrinho (2010); Amaral (2016 e 2019) e outros, além de textos normativos sobre o Sinaes. O estudo revelou que a avaliação da Educação superior vem passando por processos de flexibilização e (des)regulamentação a partir de mudanças que intensificam a (de)formação do Sinaes, marcadas por tensões, disputas e embates desde a Lei 13.005 de 2014 do PNE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lúcia Maria de Assis, Universidade Federal de Goiás(UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, luciamariadeassis@gmail.com

Pedagoga pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/MG, 1984), mestre em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba, (Unimep, 2001), doutora em Educação pela Universidade Federal de Goiás, (UFG, 2008) e pós-doutora pela Universidade de São Paulo, (USP, 2014). Professora Associada da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás na graduação e na pós-graduação (PPGE), na linha de pesquisa Estado, Políticas e História da Educação.

Aline Fagner Carvalho Costa, Programa de Educação Ambiental de Educadores (PEAT), Oriximiná, Pará, Brasil, alinefagner@hotmail.com

Doutora em Educação pela UFG, cientista social, docente e gestora na educação superior e profissional. Pesquisadora na área de políticas educacionais. Coordenadora pedagógica do Programa de Educação Ambiental de Trabalhadores (PEAT) em Oriximiná, Pará.

Pedro Isaac Ximenes Lopes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, Rio Grande do Norte, Brasil, Universidade Potiguar (UnP), Natal, Rio Grande do Norte, Brasil, pedro_isaac@ct.ufrn.br

Doutor em Educação pela UFRN, técnico em assuntos educacionais da UFRN e membro da comissão própria de avaliação CPA. É pesquisador na área de políticas educacionais e docente da Escola de Educação da Universidade Potiguar (UnP). 

Daniela Fernandes Gomes, Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), Montes Claros, Minas Gerais, Brasil, danielafg1412@gmail.com

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Goiás (UFG) na linha de pesquisa Estado, Políticas e História da Educação. Mestre em Educação pela UnB. Técnica em assuntos educacionais da pró-reitoria de ensino do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG). Pesquisa avaliação e qualidade da educação superior. 

Downloads

Publicado

14-12-2020

Como Citar

Assis, L. M. de, Costa, A. F. C., Lopes, P. I. X., & Gomes, D. F. (2020). AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR E PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO: TENSÕES, MUDANÇAS E PERSPECTIVAS. Revista Inter Ação, 45(3), 746–762. https://doi.org/10.5216/ia.v45i3.62178