Barreiras e facilitadores percebidos para a prática do floorball

Autores

  • Tatiana Merino Vizú Universidade de São Paulo (USP), Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil tatianavizu@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-0400-475X
  • Márcio Pereira Morato Universidade de São Paulo (USP), Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil mpmorato@usp.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v25.71847

Palavras-chave:

Ciências do Esporte, Floorball, Barreiras, Facilitadores

Resumo

Para evidenciar as barreiras e os facilitadores percebidos por 11 praticantes de floorball (6 atletas e 5 dirigentes) para a prática e difusão do floorball, foi utilizada a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Os resultados obtidos revelaram fatores percebidos simultaneamente como barreiras e facilitadores: sentimentos, socialização, saúde, competições e conhecimento. As barreiras foram equipamentos, espaço, engajamento, disponibilidade de tempo, finanças pessoais, políticas de incentivo e posicionamento. Os facilitadores foram a própria modalidade, desempenho e crescimento da modalidade. Os fatores estão ligados uns aos outros, podendo significar a minimização ou maximização da adesão ou do abandono da prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-09-23

Como Citar

MERINO VIZU, T.; PEREIRA MORATO, M. . Barreiras e facilitadores percebidos para a prática do floorball. Pensar a Prática, Goiânia, v. 25, 2022. DOI: 10.5216/rpp.v25.71847. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/71847. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais