Publicidade, estudos culturais e seus paradigmas em decoding advertisements, de Judith Williamson

Autores

  • Rodolfo Rorato Londero Universidade Estadual de Londrina. Londrina. Paraná.

DOI:

https://doi.org/10.5216/31599

Palavras-chave:

Publicidade. Estudos Culturais. Estruturalismo

Resumo

O objetivo deste artigo é revisar Decoding Advertisements, de Judith Williamson, obra de referência dos Estudos Culturais sobre publicidade. O artigo descreve como os dois paradigmas dos Estudos Culturais (“culturalismo” e estruturalismo) estão relacionados na obra de Williamson, indicando o paradigma estruturalista como o mais influente, principalmente devido à predileção da autora pela semiologia barthesiana, pelo conceito althusseriano de interpelação e pela noção lacaniana de estágio do espelho. A respeito do paradigma culturalista, ligado ao pensamento marxista, nota-se que Williamson comete alguns equívocos, como se demonstra recorrendo aos seus críticos. A principal crítica a Decoding Advertisements é explicar a publicidade somente como estrutura, sem abordá-la enquanto processo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodolfo Rorato Londero, Universidade Estadual de Londrina. Londrina. Paraná.

Doutor em Estudos Literários pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Professor do Departamento de Comunicação da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Brasil, Paraná, Londrina.

Referências

ALTHUSSER, L. Aparelhos ideológicos de Estado: nota sobre os aparelhos ideológicos de Estado. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1983.

BARTHES, R. Mitologias. São Paulo: DIFEL, 1980.

BARTHES, R. A mensagem publicitária. In: A aventura semiológica. Lisboa: Edições 70, 1987.

BAUDRILLARD, J. Simulacros e simulações. Lisboa: Relógio d'Água, 1991.

DYER, G. Advertising as communication. London: Methuen, 1982.

FRANÇA, V. V. O objeto da comunicação/a comunicação como objeto. In: HOHFELDT, A.; MARTINO, L. C.; FRANÇA, V. V. Teorias da comunicação: conceitos, escolas e tendências. Petrópolis: Vozes, 2001.

HALL, S. Estudos Culturais e seu legado teórico. In: HALL, S. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2003. p. 199-218.

HALL, S. Significação, representação, ideologia: Althusser e os debates pós-estruturalistas. In: HALL, S. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2003.

HARMS, J.; KELLNER, D. Toward a Critical Theory of Advertising. Illuminations. [S.l.]. Disponível em: <http://www.uta.edu/huma/illuminations/kell6.htm>. Acesso em: 23 mar. 2014.

LEISS, W.; KLINE, S.; JHALLY, S. Social Communication in Advertising: persons, products and images of well-being. London: Methuen, 1986.

MARX, K. O 18 Brumário de Luís Bonaparte. São Paulo: Martin Claret, 2008.

MATTELART, A.; NEVEU, E. Introdução aos estudos culturais. São Paulo: Parábola Editorial, 2004.

MCCRACKEN, G. Cultura & Consumo II: mercados, significados e gerenciamento de marcas. Tradução Ana Carolina Balthazar. Rio de Janeiro: MAUAD, 2012.

ROCHA, E. P. G. Magia e capitalismo: um estudo antropológico da publicidade. São Paulo: Brasiliense, 1990.

SANTAELLA, L.; NÖTH, W. Estratégias semióticas da publicidade. São Paulo: Cengage Learning, 2010.

SARTRE, J. P. A filosofia marxista. In: SARTRE, J. P. Sartre no Brasil: a conferência de Araraquara. São Paulo: UNESP, 2005. p. 27-38.

SINCLAIR, J. Images Incorporated: advertising as industry and ideology. Kent: Croom Helm, 1987.

THOMPSON, E. P. Miséria da teoria: ou um planetário de erros. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

VESTERGAARD, T.; SCHRODER, K. A linguagem da propaganda. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

WELLS, L. J. W. Decoding Advertisements. In: BARKER, M.; BEEZER, A. (Orgs.). Reading into cultural studies. London: Routledge, 2004.

WILLIAMS, R. Marxismo e literatura. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.

WILLIAMS, R. Publicidade: o sistema mágico. In: WILLIAMS, R. Cultura e materialismo. São Paulo: Ed. UNESP, 2011. p. 231-266.

WILLIAMS, R. Base e superestrutura na teoria da cultura marxista. In: WILLIAMS, R. Cultura e materialismo. São Paulo: Ed. UNESP, 2011. p. 43-68.

WILLIAMSON, J. Decoding advertisements: ideology and meaning in advertising. London: Marion Boyars, 2002.

WILLIAMSON, J. Preface to the fourth impression. In: WILLIAMSON, J. Decoding advertisements: ideology and meaning in advertising. London: Marion Boyars, 1992. p. 6-39.

Downloads

Publicado

15-06-2015

Como Citar

LONDERO, R. R. Publicidade, estudos culturais e seus paradigmas em decoding advertisements, de Judith Williamson. Comunicação &amp; Informação, Goiânia, Goiás, v. 18, n. 1, p. 37–54, 2015. DOI: 10.5216/31599. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/31599. Acesso em: 29 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos