O uso de ferramentas de TI e a pesquisa colaborativa em saúde: análise de uma experiência local

Autores

  • Márcia de Oliveira Teixeira FIOCRUZ
  • Carlos José Saldanha Machado FIOCRUZ
  • Ana Tereza P. Filipecki FIOCRUZ

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v13i2.20716

Palavras-chave:

Pesquisa Colaborativa. TI. Redes cooperativas. Pesquisa tecnológica. Saúde Pública. Organização da pesquisa.

Resumo

A literatura especializada na análise da pesquisa científica colaborativa distingue entre os dispositivos de coordenação e gestão das atividades algumas ferramentas de TI e comunicação como correio eletrônico e tele-conferência. Nos últimos anos assistimos a disseminação de iniciativas de fomento à pesquisa colaborativa no Brasil. Porém poucos estudos dedicam-se à discussão das estratégias de coordenação e gestão praticadas, bem como o uso de dispositivos de TI utilizados por programas locais. O objetivo desse artigo é descrever e analisar, à luz da literatura especializada, o uso local de ferramentas de TI como instrumento de coordenação da pesquisa científica colaborativa Para tanto, analisaremos a experiência de um Programa de fomento a pesquisa tecnológica de insumos em saúde, que utiliza redes cooperativas e é desenvolvido por uma instituição pública de pesquisa de abrangência nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

19-10-2012

Como Citar

TEIXEIRA, M. de O.; MACHADO, C. J. S.; FILIPECKI, A. T. P. O uso de ferramentas de TI e a pesquisa colaborativa em saúde: análise de uma experiência local. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 13, n. 2, p. 100–120, 2012. DOI: 10.5216/c&i.v13i2.20716. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/20716. Acesso em: 25 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos