CORPO EM PROCESSO CRIATIVO SEMPRE

Autores

  • Maria Ângela de Ambrosis Pinheiro Machado Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v6i1.63167

Resumo

Este artigo versa sobre o estudo do corpo e  suas práticas somáticas e expressivas na pesquisa das artes da cena. Seu objetivo é o estudo o processo criativo do espetáculo “Não posso esqu cer”, estreado em novembro de 2016, em Goiânia-GO. Os estudos do corpo e suas expressividades (sob a base da abordagem do Body-Mind Centering®) foram as práticas subsidiárias dos processos de criação, ensaio e apresentação do espetáculo em questão. O resultado do processo de pesquisa culminou em um espetáculo cênico realizado junto a uma árvore gameleira. O estudo deste processo criativo permite investigar alguns aspectos que configuram hoje a estética do teatro contemporâneo e da performance do ponto de vista do corpo do ator, refletindo acerca da diluição das fronteiras das artes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Ângela de Ambrosis Pinheiro Machado, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, Brasil.

Professora Associada da Escola de Música e Artes Cênicas /UFG. Doutora em Comunicação e Semiótica peal PUCSP. Atrtiz, palhaça, pesuqisdora da linguaem teatral - corpo e suas expressividades; Educadora do Moviemtno Somático pela School of Body Mind Centering (USA).

Referências

BOLSANELLO, Debora Pereira (org.) Em pleno corpo: educação somática, movimento e saúde. Curitiba (PR): Juruá editora, 2009.
BONFITTO, Matteo. Entre o ator e o performer. São Paulo: Perspectiva, 2013.
COHEN, Bonnie Bainbridge. Sentir, perceber e agir. Trad. Denise Bolanho. São Paulo: Edições Sesc, 2015.
DAMÁSIO, Antônio. O mistério da consciência. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.
ESTÈS, Clarisse Pinkola. Mulheres que correm com os lobos. São Paulo: Marcador, 2016.
FERNANDES, Ciane. Dança Cristal: da Arte do Movimento à Abordagem Somático-Perfomativa. Salvador BA: EDUFBA, 2018.
FERNANDES, Silvia. Teatralidade contemporâneas. São Paulo: Perspectiva Fapesp, 2010.
FÉRAL, Josette. Além dos limites: teoria e prática do teatro. São Paulo: Perspectiva, 2015.
GREINER, Christine. Fabulações do corpo japonês. São Paulo: N-1 Edições, 2017.
KATZ, Helena; GREINER, Christine (org.). Arte e Cognição: corpomídia, comunicação, política. São Paulo: Annablume, 2015.
MEIRELLES, Cecília. Poemas escritos na Índia. Rio de Janeiro: Global, 2014.
PEIRCE, Charles Sanders. Semiótica e Filosofia. São Paulo, Cultrix, 1975.
––––––. Semiótica. São Paulo, Perspectiva, 1995.
RICOUER, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Trd. Alain Fraçois. Campinas(SP): ed. Unicamp,2008.
RODRIGUES, Dinah. Yogaterapia hormonal. São Paulo (SP): JCR, 2013.
SANTAELLA, Lúcia. Teoria Geral dos Signos – Semiose e Autogeração. São Paulo, Ática, 1995.

Downloads

Publicado

2020-07-25

Como Citar

PINHEIRO MACHADO, M. Ângela de A. CORPO EM PROCESSO CRIATIVO SEMPRE. Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 6, n. 1, 2020. DOI: 10.5216/ac.v6i1.63167. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/63167. Acesso em: 15 jul. 2024.