Sincretizando o conhecimento na encruzilhada entre a cena, o sujeito e a oralidade popular brasileira

Autores

  • Daniel Santos Costa Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil.

Resumo

Na tentativa de profanar estratégias de um pensamento autoral recorro ao presente texto para uma discussão sobre a produção cultural, em especial àquela voltada para as artes cênicas sob uma perspectiva da margem ou na tentativa de nela se localizar. O posicionamento do sujeito num determinado lugar implica, antes de mais nada, um estudo aguçado, pois nós, indivíduos, sujeitos, grupos e instituições pós-coloniais estamos imbricados de modo dinâmico num intenso processo de contaminações e rupturas, que nos impedem de agarrar-nos à qualquer categoria identitária. Tal investigação toma a perspectiva desde a cena e elabora tessituras sincréticas da produção de conhecimento advindas do processo de criação de uma cena híbrida, uma dança-teatro brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Santos Costa, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil.

Daniel Santos Costa Doutorando em Artes Cênicas na Universidade de São Paulo e Mestre em Artes da Cena

pela Universidade Estadual de Campinas.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo e outros ensaios. Chapecó: Argos, 2013.

BARROS, Manoel. Poesia Completa. São Paulo: Leya, 2010.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011.

CANCLINI, N. G. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: EDUSP, 2011.

COSTA, Daniel S. Encruzilhadas do corpo (em) processo: f(r)icção arte-vida na criação de uma dança-teatro brasileira. 261 p. Dissertação (Mestrado em Artes da Cena). Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 2014.

_____________. Histórias e memórias de folias de Reis. EGIL: Ituiutaba, 2010.

FABRINI, V. Sul da cena, sul do Saber. Moringa: artes do espetáculo, João Pessoa, João Pessoa, V. 4 N. 1 jan-jun/2013.

GREINER, C. O Corpo e suas paisagens de risco: dança/performances no Brasil. Anais do II Congresso Nacional de Pesquisadores em Dança - ANDA, Porto Alegre, n. 2, p. 1-9, jul., 2012. Disponível em http://www.portalanda.org.br/anais. Acesso em 06 abr. 2014.

___________.O corpo em crise: novas pistas e o curto-circuito das representações. São Paulo: Annablume, 2010.

HALL, Stuart. A identidade na pós-modernidade. Trad. SILVA, Tomaz Tadeu & LOURO, Guacira Lopes: Rio de Janeiro: DP&A editora, 2006.

LARROSA, J. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Revista Brasileira de Educação. N. 19, p. 20-28, Jan/Fev/Mar/Abr/2002.

LE BRETON, David. A sociologia do corpo. 4 ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

MARTINS, Leda Maria. Afrografias da Memória. São Paulo: Perspectiva, 1997.

ORTIZ, Renato. Cultura brasileira e identidade nacional. São Paulo: Brasiliense, 2012.

_____________. A morte branca do feiticeiro negro: umbanda e sociedade brasileira. São Paulo: Brasiliense, 2011.

PRANDI, Reginaldo. Mitologia dos orixás. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

_________________. Pombagira e as faces inconfessas do Brasil. In: Herdeiros do Axé. São Paulo, Hucitec, 1996.

SANTOS, Boaventura de Souza. A Crítica da razão indolente: contra o desperdício da experiência. São Paulo: Cortez , 2011.

___________________________. ; MENEZES, Maria Paula. Epistemologias do Sul. São Paulo: Editora Cortez. 2010.

__________. Um discurso sobre as ciências. 7ª Ed. São Paulo: Cortez Editora, 2010.

Downloads

Publicado

2015-12-31

Como Citar

COSTA, D. S. Sincretizando o conhecimento na encruzilhada entre a cena, o sujeito e a oralidade popular brasileira. Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 2, n. 1, p. 49–68, 2015. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/35576. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Temas Variados