Fenologia reprodutiva e visitantes florais de Cordia superba Cham. (Boraginaceae) na vegetação da restinga de Grumari, Rio de Janeiro

Autores

  • Thais do Nascimento Lopes
  • Fábio de Castro Verçoza
  • Caio César Corrêa Missagia

DOI:

https://doi.org/10.5216/rbn.v1i1.30357

Palavras-chave:

Entomofilia, pilhagem de néctar, polinização

Resumo

Cordia superba Cham. é uma espécie de planta arbustiva endêmica do Brasil, na Mata Atlântica e habita florestas ombrófilas e restingas. Nós determinamos a fenologia reprodutiva e os visitantes florais em indivíduos de C. superba na restinga Grumari, Rio de Janeiro, RJ. Iniciamos a pesquisa em fevereiro de 2012 e realizamos 26 amostragens, ao longo de um ano. Em seis indivíduos de C. superba foram consideradas diferentes estruturas para caracterizar as fenofases reprodutivas de floração e frutificação. Avaliamos se houve diferença significativa na presença de flores e frutos formados ao longo do ano utilizando o teste de Rayleigh (Z, p<0,05). As fenofases foram correlacionadas com a precipitação e a temperatura mensal média utilizando coeficiente de correlação de Pearson. A espécie apresentou floração contínua, anual e com duração prolongada e um pico da floração em abril de 2012 (Z= 17,03; p<0,01; r=0,47) e de frutificação em agosto de 2012 (Z=15,05; p<0,01; r=0,6). Apenas a frequência de botões florais foi correlacionada com a precipitação (r=0,69, p<0,05). As flores receberam visitas de seis insetos (três abelhas e três borboletas) das quais apenas duas abelhas realizaram visitas ilegítimas. Nossos resultados demonstram que C. superba apresentou um pico de floração definido na restinga. As visitas legítimas realizadas por abelhas e borboletas caracterizam uma polinização generalista para C. superba na área estudada.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Agostini, K. & M. Sazima. 2003. Plantas ornamentais e seus recursos para abelhas no campus da Universidade Estadual de Campinas, estado de São Paulo, Brasil. Bragantia. 62: 335-343.

Arbo-Gallas, D. & F. C. Verçoza. 2012. A Família Cactaceae na Restinga de Grumari, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Revista Eletrônica de Biologia. 5: 129-143.

Assumpção, J. & M. T. Nascimento. 2000. Estrutura e composição florística de quatro formações vegetais de restinga no complexo lagunar Grussaí/Iquipari, São João da Barra, R.J, Brasil. Acta Botanica Brasilica. 14: 301-315.

Goulson, D., J. L. Cruise, K. R. Sparrow, A. J. Harris, K. J. Park, M. C. Tinsley & A. S. Gilburn. 2007. Choosing rewarding fowers; perceptual limitations and innate preferences infuence and honeybees. Behavioral Ecology and Sociobiology. 61: 1523-1529.

Gomes, R., M. C. B. Pinheiro & H. A. Lima. 2008. Fenologia reprodutiva de quatro espécies de Sapotaceae na restinga de Maricá, RJ. Revista Brasileira de Botânica. 31: 679-687.

Howe, H. F. & J. Smallwood. 1982. Ecology of Seed Dispersal. Annual Review of Ecology and Systematics. 13: 201-228.

Irwin, R. E., J. L. Bronstein, J. S. Manson & L. Richardson, 2010. Nectar robbing: ecological and evolutionary perspectives. Annual Review of Ecology, Evolution, and Systematics. 41: 271-292.

Irwin, R. & J. E. Maloof. 2002. Variation in nectar robbing over time, space, and species. Oecologia. 133: 525-533.

Lorenzi, H. 2002. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. 4a ed., Instituto Plantarum, Nova Odessa, v.1.

Marques, M. C. M. & P. E. A. M. Oliveira. 2004. Fenologia de espécies do dossel e do sub-bosque de duas florestas de restinga da Ilha do Mel, sul do Brasil. Revista Brasileira de Botânica. 27: 713-723.

Melo, J. I. M., L. C. Silva, M. N. S. Stapf & N. T. Ranga. 2014. Boraginaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/ FB16530>. Acesso em: 30 Mai. 2014.

Morellato, L. P. C., M. G. G. Camargo, & E. Gressler. 2013. A review of plant phenology in South and Central America, p. 91-113. In: M.D. Schwartz (Ed.). Phenology: an integrative environmental science. Dordrecht, Springer.

Moura, F. D. B. P., J. M. M. Duarte & R. P. de Lyra Lemos. 2011. Floristic composition and dispersal syndromes at an urban remnant from the Atlantic forest in Brazilian Northeast-Acta Scientiarum. Biological Sciences 33(4): 471-478.

Newstron, L. E., G. W. Frankie & H. G. Baker. 1994. A new classification for plant phenology based on flowering patterns in lowland tropical rain forest trees at La Selva, Costa Rica. Biotropica. 26: 141-159.

Oliveira, J. C. & V. C. Maia. 2005. Ocorrência e caracterização de galhas de insetos na restinga de Grumari (Rio de Janeiro, RJ, Brasil). Arquivos do Museu Nacional 63: 669-675.

Pereira, T. S., M. L. M. N. Costa, L. F. D. Moraes & C. Luchiari. 2008. Fenologia de espécies arbóreas em Floresta Atlântica da Reserva Biológica de Poço das Antas, Rio de Janeiro, Brasil. Iheringia Serie Botânica. 63: 329-339.

Sherry, R. A., X. Zhou, S. Gu, J. A. Arnone, D. S. Schimel, P. S. Verburg, L. L. Wallace & Y. Luo. 2007. Divergence of reproductive phenology under climate warming. Proceedings of the National Academy of Sciences. 104: 198-202.

Silva, A. L. G. & M. C. B. Pinheiro. 2009. Reproductive success of four species of Eugenia L. (Myrtaceae). Acta Botanica Brasilica. 23: 526-534.

Silva, A. L. G. & M. C. B. Pinheiro. 2007. Biologia floral e da polinização de quatro espécies de Eugenia L. (Myrtaceae). Acta Botanica Brasilica. 21: 235-247.

Talora, D. C. & P. C. Morellato. 2000. Fenologia de espécies arbóreas em floresta de plAnície litorânea do sudeste do Brasil. Revista Brasileira de Botânica. 23: 13-26.

Verçoza, F. C., E. C. Nascimento & I. M. R. Cortes. 2010. Melitofilia em Canavalia rosea (Sw.) DC. (Leguminosae-Papilionoideae). EntomoBrasilis 3: 73-76.

Verçoza, F. C. & R. F. Bion. 2011. Polinização de Lantana fucata Lindley (Verbenaceae) por Parides ascanius Cramer (Lepidoptera: Papilonoideae) na Restinga de Grumari, Rio de Janeiro, RJ. EntomoBrasilis. 4: 07-09.

Waser, N. M., L. Chittka, M. V. Price, N. M. Wiliians, & J. Ollerton. 1996. Generalization in pollination systems and why it matters. Ecology. 77: 1043-1060.

Downloads

Publicado

11-02-2016

Como Citar

DO NASCIMENTO LOPES, T.; DE CASTRO VERÇOZA, F.; CORRÊA MISSAGIA, C. C. Fenologia reprodutiva e visitantes florais de Cordia superba Cham. (Boraginaceae) na vegetação da restinga de Grumari, Rio de Janeiro. Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology, Goiânia, v. 12, n. 1, p. 39–43, 2016. DOI: 10.5216/rbn.v1i1.30357. Disponível em: https://revistas.ufg.br/RBN/article/view/30357. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos