Plasmocitoma extramedular metastático em um canino

Autores

Resumo

Plasmocitomas são neoplasmas originados de plasmócitos malignos e podem ser subdivididos em extramedular cutâneo, não cutâneo e mieloma múltiplo. O envolvimento de vértebras pode gerar sinais clínicos de dor e alterações neurológicas de acordo com o segmento afetado, sendo incomum o aparecimento de metástases. O presente trabalho tem como objetivo relatar um caso de plasmocitoma extramedular com sítio primário em vértebra torácica e com consequente compressão medular e metástases, caracterizando seus aspectos clínico-patológicos. O paciente foi hospitalizado, submetido a exames laboratoriais e de imagem, e medicado devido a incoordenação e perda da percepção do posicionamento dos membros, mas apresentou piora do quadro clínico evoluindo para perda dos movimentos e incontinência fecal e urinária, ocorrendo o óbito. Os principais achados de necropsia foram a presença de massa tumoral junto à superfície externa do corpo da quinta vértebra torácica, além de focos pardo-claros na medula espinhal torácica e no parênquima pulmonar e esplênico. Histologicamente, a massa tumoral e os focos pardo-claros consistiam em proliferação celular maligna, de origem plasmocitária, densamente celular e amplamente infiltrativa. Assim, através do quadro clínico apresentado, exames de imagem e da análise anatomopatológica evidenciou tratar-se de um caso de plasmocitoma extramedular atípico, com metástase em medula espinhal, pulmão e baço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2023-08-04

Como Citar

SCHALLENBERGER DA SILVA, R.; GARCIA, C.; DO NASCIMENTO LIBARDONI, R.; DAVI DOS SANTOS, E.; WEBBER KLASER, B.; POLICARPO MACHADO , T.; TONIOLI DA SILVA , J.; EDUARDO BORTOLINI, C.; COSTA DA MOTTA , A. Plasmocitoma extramedular metastático em um canino. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 24, 2023. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/75186. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

MEDICINA VETERINÁRIA