Determinação da concentração espermática de tambaqui (Colossoma macropomum) por espectrofotometria

Autores

Resumo

Visando auxiliar o manejo reprodutivo de machos de tambaqui (Colossoma macropomum) em piscicultura de laboratório e comercial, obteve-se um modelo de regressão linear a partir de curvas de concentração por método espectrofotométrico. Foram selecionados 22 machos de tambaqui com idade média de três anos. Eles foram divididos em dois grupos contendo 11 animais cada. Ambos os grupos receberam alternadamente uma única dose de extrato de hipófise de carpa (EHC; 2,0 mg/kg de peso corporal, intracelomático). O esperma foi coletado 14 horas após o tratamento hormonal e diluído (1:4000; esperma: solução salina formaldeído). A concentração foi estimada por contagem de espermatozoides em câmara de Neubauer e por espectrofotômetro (λ=540 nm). A concentração espermática individual variou de 11,40 a 71,13 × 109 espermatozoides/mL. O grau de transmitância variou de 62,1 a 95,0%. Houve correlação significativa (r2 = 0,966; p < 0,0001) entre a concentração espermática analisada em câmara de Neubauer e a transmitância em 540 nm. A análise por espectrofotometria e a predição pela equação Y=100,293 – 0,509X mostrou ser um método eficiente e rápido para estimar a concentração espermática de tambaqui, podendo ser utilizado em procedimentos de rotina em laboratórios de reprodução artificial de peixes.
Palavras-chave: peixes; reprodução; sêmen.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2023-05-10

Como Citar

CARMINDA SANDRA BRITO SALMITO-VANDERLEY; JOSÉ DA ASCENSÃO FEITOSA VIEIRA, M.; MAIA TORRES, T.; LUIZ DA SILVA APOLIANO, M.; HENRIQUE SOUSA DE MELO, C.; CLEMENTE DE MELLO SALGUEIRO, C.; FERREIRA NUNES, J. Determinação da concentração espermática de tambaqui (Colossoma macropomum) por espectrofotometria. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 24, 2023. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/74695. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

MEDICINA VETERINÁRIA