Avaliação da eficácia, inocuidade e depleção residual da flavomicina em novilhos confinados

Autores

Resumo

A flavomicina é um aditivo que pertence à classe dos não ionóforos, contudo, com poucos estudos realizados com bovinos confinados em fase de terminação. Diante disso, o objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia da flavomicina sobre o desempenho produtivo, comportamento ingestivo, características de carcaça e os parâmetros bioquímicos de novilhos terminados em confinamento. Foram avaliados 32 novilhos inteiros, ½ sangue Angus ½ sangue Nelore, provenientes do mesmo rebanho, com idade média de 11 meses ± 1,5 meses e peso corporal inicial de 337 kg ± 6 kg. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, composto por dois tratamentos e oito repetições, sendo: Dieta sem flavomicina (controle) e Dieta com flavomicina (0,5 g animal dia-1 do produto FLAVIMPEX®80). Não ocorrendo diferença entre os tratamentos, o consumo de matéria seca médio dos animais foi de 10,03 kg dia-1, eficiência alimentar de 0,158 kg, ganho médio diário de 1,593 kg dia-1, digestibilidade aparente da dieta de 61,69%. O uso da flavomicina não foi eficaz no desempenho animal, assim como não trouxe alterações no comportamento ingestivo e melhorias nas características de carcaça dos animais. A Proteína Plasmática Total, Aspartato amino-transferase e creatinina foram inferiores para os animais suplementados com flavomicina em relação ao grupo controle. Em relação ao período experimental houve redução nos índices de Proteína Plasmática Total, aumento na albumina, Gama-Glutamil Transferase e ureia dos bovinos, mas todos se mantiveram dentro dos valores de referência para a espécie.
Palavras-chave: Aditivo alimentar; Comportamento ingestivo; Desempenho animal; Marcadores bioquímicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-07-11

Como Citar

NEUMANN, M. .; MARTINS DE SOUZA, A.; KIMIE FALBO, M.; GODOI BERTAGNON, H.; DA COSTA, L.; DE SOUZA SIDOR, F. Avaliação da eficácia, inocuidade e depleção residual da flavomicina em novilhos confinados. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 23, n. 1, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/72054. Acesso em: 26 nov. 2022.