FERMENTAÇÃO E COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DA SILAGEM DE CANA-DE-AÇÚCAR INOCULADA COM LACTOBACILLUS BUCHNERI, ASSOCIADA OU NÃO À ADIÇÃO DE FONTES DE CARBOIDRATOS

Resumo

Avaliaram-se os aspectos fermentativos e bromatológicos da silagem de cana-de-açúcar com adição de inoculante à base de Lactobacillus buchneri, associado ou não à adição de farelo de trigo (20%), de casca de soja (20%) ou à mistura de farelo de trigo (10%) + casca de soja (20%), utilizando delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Não foram observados efeitos significativos dos tratamentos sobre o pH da silagem, porém, observou-se temperatura mais elevada no tratamento contendo 10% de farelo de trigo + 10% de farelo de soja em relação aos tratamentos controle, CA e CCS20. A adição de fontes de carboidratos proporcionou aumento médio de 145,86 kg de MV/m³ nos valores de massa específica e, juntamente com a adição de inoculante biológico, recuperação de matéria seca em média 20,5% superior ao da silagem controle, além de elevar os teores de matéria seca em média 2,63% e de proteína bruta em 1,92%. Conclui-se que, isoladamente, a adição do inoculante biológico foi capaz apenas de reduzir as perdas do processo fermentativo em relação à silagem controle e que a adição de fontes de carboidratos, tanto casca de soja como farelo de trigo, melhora o valor nutritivo da silagem de cana-de-açúcar.
Palavras-chave: ensilagem, inoculação, parâmetros fermentativos, valor nutritivo

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
28-06-2019
Como Citar
Caregnato, N., Glasenapp de Menezes, L., Matielo de Paula, F., Farias Filho, J., Carneiro, F., & Ignácio Baraviera, J. (2019). FERMENTAÇÃO E COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DA SILAGEM DE CANA-DE-AÇÚCAR INOCULADA COM LACTOBACILLUS BUCHNERI, ASSOCIADA OU NÃO À ADIÇÃO DE FONTES DE CARBOIDRATOS. Ciência Animal Brasileira, 20(1), 1-10. Recuperado de https://revistas.ufg.br/vet/article/view/50390
Seção
ZOOTECNIA