DESEMPENHO E QUALIDADE DE OVOS DE POEDEIRAS APÓS A MUDA FORÇADA SUPLEMENTADAS COM PROBIÓTICO EM DIFERENTES FASES DE CRIAÇÃO

Autores

  • Janaina Giampauli
  • Adriana Ayres Pedroso
  • Vera Maria Barbosa Moraes

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v6i3.366

Resumo

O trabalho objetivou avaliar os efeitos de probiótico à base de Bacillus subtillis (Calsporinâ – FATEC), suplementado na ração em diferentes fases de criação sobre o desempenho e a qualidade de ovos de poedeiras com setenta semanas de idade, após a muda forçada. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado com oito tratamentos e quatro repetições de seis poedeiras da linhagem Lohmann por parcela. O período experimental foi de vinte semanas, dividido em cinco ciclos de quatro semanas cada. Os tratamentos consistiam de suplementação de probiótico nas fases de recria, postura e pós-muda, suplementação nas fases de recria e postura, suplementação na fase de recria, suplementação nas fases de recria e pós-muda, suplementação na fase de postura, suplementação nas fases de postura e pós-muda, suplementação na fase de pós-muda e ausência de suplementação. O uso do probiótico não afetou significativamente o desempenho produtivo, nem a qualidade do albúmen e da casca dos ovos de poedeiras de setenta a noventa semanas de idade. PALAVRAS-CHAVE: Desempenho, muda forçada, poedeiras, probiótico, qualidade de ovos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-10-31

Como Citar

GIAMPAULI, J.; PEDROSO, A. A.; MORAES, V. M. B. DESEMPENHO E QUALIDADE DE OVOS DE POEDEIRAS APÓS A MUDA FORÇADA SUPLEMENTADAS COM PROBIÓTICO EM DIFERENTES FASES DE CRIAÇÃO. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 6, n. 3, p. 179–186, 2006. DOI: 10.5216/cab.v6i3.366. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/366. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal