CINÉTICA DA DIGESTÃO RUMINAL, DE DIETAS COMPOSTAS COM CAMA DE FRANGOS, UTILIZANDO COMO SUBSTRATO A CASCA DE CAFÉ, EM BOVINOS

Autores

  • Euclides Reuter de Oliveira
  • Paulo César de Aguiar Paiva
  • Vera Lúcia Banys
  • Ivo Francisco de Andrade
  • Danilo Martins Lozano

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v6i1.349

Resumo

Objetivou-se avaliar a composição química e a degradabilidade ruminal da matéria seca (MS), da proteína bruta (PB) e de fibra em detergente neutro (FDN), de rações isoenergéticas e isoprotéicas, com diferentes níveis (0%, 10%, 20%, 30% e 40%) de substituição do farelo da algodão, por cama de frangos, tendo como substrato a casca de café. Utilizaram-se quatro vacas secas fistuladas no rúmen, nas quais foram incubadas amostras de volumoso, cama de frangos, MDPS e rações experimentais por 0, 1, 4, 8, 12, 36 e 72 h. Os dados obtidos sobre a degradabilidade foram ajustados para uma regressão não-linear pelo método de Gauss-Newton. Os resultados obtidos permitiram avaliar que, com o aumento dos níveis de cama de frangos, os valores da degradabilidade efetiva da matéria seca e da fibra em detergente neutro aumentaram em relação à ração sem resíduo, observando-se semelhança da degradabilidade efetiva da proteína bruta. Com base neste experimento, concluiu-se que a substituição do farelo de algodão pela cama de frangos, até o nível de 40%, é possível, pois não se observou efeito sobre a degradabilidade efetiva da matéria seca, da proteína bruta e a de fibra em detergente neutro. PALAVRAS-CHAVE: Cama de frangos, degradabilidade, substrato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-10-28

Como Citar

OLIVEIRA, E. R. de; PAIVA, P. C. de A.; BANYS, V. L.; ANDRADE, I. F. de; LOZANO, D. M. CINÉTICA DA DIGESTÃO RUMINAL, DE DIETAS COMPOSTAS COM CAMA DE FRANGOS, UTILIZANDO COMO SUBSTRATO A CASCA DE CAFÉ, EM BOVINOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 6, n. 1, p. 11–18, 2006. DOI: 10.5216/cab.v6i1.349. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/349. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal