IMUNOMARCAÇÃO DE TGF-? EM PRÓSTATAS CANINAS NORMAIS E COM LESÕES PROLIFERATIVAS

Autores

Resumo

O fator de crescimento transformador-? (TGF-?), um mediador do crescimento prostático, induz a
angiogênese e inibe a proliferação celular. Neste estudo, esse marcador foi utilizado com o objetivo
de avaliar sua imunomarcação no tecido normal e com lesões proliferativas benignas, pré-neoplásicas
e neoplásicas da próstata canina. Para isso, foram selecionadas 54 glândulas com histomorfologia
normal, hiperplasia prostática benigna (HPB) epitelial, HPB estromal, atrofia inflamatória proliferativa
(PIA), neoplasia intraepitelial prostática (PIN) e carcinoma, utilizadas para a confecção de um bloco
de microarranjo tecidual (Tissue Microarray - TMA). As lâminas de TMA foram submetidas à técnica
de imunoistoquímica com o anticorpo anti-TGF-?, sendo avaliada a intensidade de imunomarcação
nas células epiteliais e estromais. Houve imunomarcação de TGF-? no tecido normal e naqueles com
lesões proliferativas. Maior imunomarcação de TGF-? foi constatada nas células do tecido prostático
normal e com HPB, enquanto as células prostáticas com PIA, PIN e carcinoma exibiram menor
imunomarcação dessa citocina, o que sugere a ação do TGF-? na manutenção da homeostase do
tecido normal e com lesão proliferativa benigna e na progressão das lesões proliferativas pré-malignas
e malignas da próstata canina.
Palavras-chave: carcinoma, fator de crescimento, imunoistoquímica, PIA, PIN.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Caroline Toledo, Universidade Federal de Goiás

Programa de Pós-graduação em Ciência Animal, Área de Patologia, Clínica e Cirurgia Animal, Escola de Veterinária e Zootecnia

Mariana Batista Rodrigues Faleiro, Universidade Federal de Goiás

Patologia animal

Hugo Henrique Ferreira, Universidade Federal de Goiás

Programa de Pós-graduação em Ciência Animal, Área de Patologia, Clínica e Cirurgia Animal, Escola de Veterinária e Zootecnia

Adriana Marques Faria, Universidade Federal de Goiás

Programa de Pós-graduação em Ciência Animal, Área de Patologia, Clínica e Cirurgia Animal, Escola de Veterinária e Zootecnia

Moema Pacheco Chediak Matos, Universidade Federal de Goiás

Professor Adjunto, Serviço de Patologia Veterinária, Departamento de Medicina veterinária e zootecnia da Universidade Federal de Goiás (EVZ-UFG).

Renee Laufer Amorim, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Botucatu, SP, Brasil.

Professor Adjunto, Serviço de Patologia Veterinária, Departamento de Clínica Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ),

Veridiana Maria Brianezi Dignani De Moura, Universidade Federal de Goiás

Professor Adjunto, Serviço de Patologia Veterinária, Departamento de Medicina veterinária e zootecnia da Universidade Federal de Goiás (EVZ-UFG). Campus II, Rodovia (GO 462) Goiânia-Nova Veneza km 0, CEP: 74001-970, Caixa Postal 131, Goiânia, GO, Brasil. Fone/Fax: 55 (62) 3521.1597.

Downloads

Publicado

2019-07-26

Como Citar

TOLEDO, D. C.; FALEIRO, M. B. R.; FERREIRA, H. H.; FARIA, A. M.; MATOS, M. P. C.; AMORIM, R. L.; DE MOURA, V. M. B. D. IMUNOMARCAÇÃO DE TGF-? EM PRÓSTATAS CANINAS NORMAIS E COM LESÕES PROLIFERATIVAS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 20, p. 1–10, 2019. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/34543. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

MEDICINA VETERINÁRIA