USO DE DILUENTES E TEMPERATURAS ALTERNATIVAS NA CONSERVAÇÃO PROLONGADA DO SÊMEN DO VARRÃO

Autores

  • Lina Raquel Santos Araújo Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará
  • Tatyane Bandeira Barros Universidade Estadual do Ceará
  • Daianny Barboza Guimarães Curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Ceará
  • Ludymila Furtado Cantanhêde Universidade Estadual do Ceará
  • Aline Viana Dias Universidade Estadual do Ceará
  • Ricardo Toniolli Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.1590/cab.v17i1.18885

Palavras-chave:

Leite desnatado, água de coco, conservação, sêmen suíno, varrão

Resumo

O uso de diluentes adequados é importante para o sucesso de um programa de inseminação artificial. O objetivo deste experimento foi avaliar a eficiência de diluentes alternativos para o sêmen suíno, em diferentes temperaturas (17 e 10 °C). Foram utilizados os diluentes: Beltsville Thawing Solution (BTS); água de coco em pó (ACP®-103) e leite em pó desnatado (LPD). Os 50 ejaculados, foram analisados in natura e após diluição, diariamente, durante os 5 dias de conservação do sêmen (D0 a D4), quanto ao vigor e motilidade espermática. Avaliou-se a integridade do acrossoma e a viabilidade espermática no D0 e D4. Na análise estatística, foram utilizados os testes de Mann-Whitney, Students, Tukey e o qui-quadrado, com intervalo de confiança de 5%. O diluente LPD a 10 °C apresentou motilidade e vigor espermático melhores em relação ao BTS e ACP (10 °C) até D2 e aos tratamentos conservados a 17 °C. A vitalidade e integridade acrossomal, no D0 e D4, foram melhores com LPD a 10 °C, que mostrou ser um bom meio diluente para o sêmen suíno em temperatura mais baixa  (10°C), conferindo uma maior proteção à célula espermática, através de maiores taxas de viabilidade  e

integridade de acrossoma.

Palavras-chave: água de coco; conservação; leite desnatado; sêmen; varrão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lina Raquel Santos Araújo, Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará

Programa de Pós Graduação em Ciências Veterinárias (PPGCV)

Tatyane Bandeira Barros, Universidade Estadual do Ceará

Programa de Pós Graduação em Ciências Veterinárias (PPGCV)

Daianny Barboza Guimarães, Curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Ceará

Programa de Pós Graduação em Ciências Veterinárias (PPGCV)

Ludymila Furtado Cantanhêde, Universidade Estadual do Ceará

Programa de Pós Graduação em Ciências Veterinárias (PPGCV)

Aline Viana Dias, Universidade Estadual do Ceará

Programa de Pós Graduação em Ciências Veterinárias (PPGCV)

Ricardo Toniolli, Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará

Laboratório de Reprodução Suína e Tecnologia de Sêmen (LRSTS)

Downloads

Publicado

2016-01-30

Como Citar

ARAÚJO, L. R. S.; BARROS, T. B.; GUIMARÃES, D. B.; CANTANHÊDE, L. F.; DIAS, A. V.; TONIOLLI, R. USO DE DILUENTES E TEMPERATURAS ALTERNATIVAS NA CONSERVAÇÃO PROLONGADA DO SÊMEN DO VARRÃO. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 17, n. 1, p. 26–35, 2016. DOI: 10.1590/cab.v17i1.18885. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/18885. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal