SOROPREVALENCIA DE LEPTOSPIROSE EM BOVINOS NAS MESORREGIÕES SUDESTE E SUDOESTE DO ESTADO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL

Autores

  • Geder Paulo Herrmann Universidade Federal de Santa Maria
  • Rogério Oliveira Rodrigues Pesquisador IV - Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor - Fepagro Saúde Animal - Estrada Municipal do Conde , 6000 CEP : 92990-000 Eldorado do Sul - RS - Brasil Caixa Postal 47
  • Gustavo Machado Av. Roraima, n. 1000, CEP: 97150:900, Sala 5137, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil.
  • Elvio Carlos Moreira Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Av. Antônio Carlos 6627, Cx. Postal 567, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brasil
  • Andrey Lage Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Av. Antônio Carlos 6627, Cx. Postal 567, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brasil.
  • Rômulo Cerqueira Leite Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Av. Antônio Carlos 6627, Cx. Postal 567, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v13i1.13190

Palavras-chave:

Leptospirose, Bovino, Rio Grande do Sul, Prevalência.

Resumo

Foram determinadas por estudo de soroprevalência as aglutininas anti-Leptospira spp. em 1360 amostras de soros de bovinos clinicamente sadios e em idade reprodutiva, sem histórico de vacinação, com mais de três anos de idade, criados extensivamente em 136 estabelecimentos de 18 municípios, sendo 10 na Mesorregião Sudeste e oito na Mesorregião Sudoeste do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Os soros foram testados pela técnica de aglutinação microscópica. Das 1360 amostras de soro testadas, 527 (38,75%) foram reagentes e os títulos de aglutininas anti-Leptospira spp. variaram de 100 a 3200. As prevalências encontradas foram Hardjo amostra norma 396 (29,12%), Hebdomadis 30 (2,21%), Wolffi 21 (1,54%), Grippotyphosa 16 (1,18%), Pomona 15 (1,10%), Bratislava 12 (0,88%), Tarassovi 9 ( 0,44%), Sejroe 8 (0,59%), Pyrogenes 7 (0,51%), Autumnalis 6 (0,44%), Fortbragg 4 (0,29%), Australis 2 (0,15%) Icterohaemorrhagiae 1 (0,07%), Sentot 0, Castellonis 0, Canicola 0, Mini Szwajizak 0. Os resultados indicam que a Leptospira Hardjoprajitino amostra norma está disseminada na maioria das fazendas que criam bovinos extensivamente nas Mesorregiões Sudeste e Sudoeste do Estado do Rio Grande do Sul.

PALAVRAS CHAVES: Leptospira; bovinocultura; doença; distribuição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geder Paulo Herrmann, Universidade Federal de Santa Maria

Professor Associado Universidade Federal de Santa Maria Departamneto de Microbiolgia e Parsitologia, Curso de Medicina Veterinária

Rogério Oliveira Rodrigues, Pesquisador IV - Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor - Fepagro Saúde Animal - Estrada Municipal do Conde , 6000 CEP : 92990-000 Eldorado do Sul - RS - Brasil Caixa Postal 47

Doutor, Medico Veterinário

Gustavo Machado, Av. Roraima, n. 1000, CEP: 97150:900, Sala 5137, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil.

Medico Veterinário

Elvio Carlos Moreira, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Av. Antônio Carlos 6627, Cx. Postal 567, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brasil

Professor, Doutor. Escola de Veterinária da UFMG

Andrey Lage, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Av. Antônio Carlos 6627, Cx. Postal 567, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brasil.

Professor, Doutor. Escola de Veterinária da UFMG

Rômulo Cerqueira Leite, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Av. Antônio Carlos 6627, Cx. Postal 567, Belo Horizonte, MG 30123-970, Brasil.

Professor, Doutor. Escola de Veterinária da UFMG

Downloads

Publicado

2012-03-29

Como Citar

HERRMANN, G. P.; RODRIGUES, R. O.; MACHADO, G.; MOREIRA, E. C.; LAGE, A.; LEITE, R. C. SOROPREVALENCIA DE LEPTOSPIROSE EM BOVINOS NAS MESORREGIÕES SUDESTE E SUDOESTE DO ESTADO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 13, n. 1, p. 131–138, 2012. DOI: 10.5216/cab.v13i1.13190. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/13190. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária