A EDUCAÇÃO AMBIENTAL SOB A ÓTICA DA GESTÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR NO FAZER AMBIENTAL

Autores

  • Marcony Messias Soares de Carvalho
  • Marcileia Oliveira Bispo Universidade Federal do Tocantins

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v9i1.58077

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Gestão, Ensino Superior, Fazer ambiental

Resumo

A Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA) (Lei 9795/99) traz como um de seus princípios básicos a Educação Ambiental através de um o pluralismo de ideias pedagógicas na perspectiva da inter, e transdisciplinaridade.  Neste sentido, é que desenvolvemos uma pesquisa sobre o ensino e prática da Educação Ambiental, a partir de um estudo no Instituto Federal do Tocantins (IFTO) na cidade de Porto Nacional – TO, apresentando as reflexões e os desafios para inserção da Educação Ambiental nos cursos superiores.  O objetivo maior da pesquisa foi analisar o papel da gestão no fazer ambiental nas instituições de ensino superior a partir do IFTO-Campus Porto Nacional, Tocantins. E como objetivos específicos: Compreender as políticas de Educação Ambiental para o ensino superior; verificar as diretrizes utilizadas pelo o IFTO-Campus Porto Nacional referentes a Educação Ambiental no ensino superior e avaliar as estratégias de Educação Ambiental utilizadas pela gestão para o fazer ambiental nos cursos superiores. A pesquisa utilizou de uma revisão bibliográfica aliada a uma pesquisa de campo, com uma abordagem de caráter qualitativo com enfoque descritivo e caráter exploratório e aplicação de entrevistas com os gestores. O reconhecimento do papel da gestão no desenvolvimento e consolidação da EA nas IES, reforça a necessidade de criar e desenvolver estratégias que inclua toda a comunidade acadêmica, a fim de formar profissionais conscientes quanto aos cuidados que se devem ter com o meio ambiente, pois a falta de ética ambiental e social tem trazido vários impactos no contexto social e ecológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcony Messias Soares de Carvalho

Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Tocantins-UFT. Bolsista Capes

Marcileia Oliveira Bispo, Universidade Federal do Tocantins

Possui graduação em Geografia (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade do Tocantins (1996), mestrado (2006) e doutorado (2012) em Geografia pelo Instituto de Estudos Sócio Ambientais IESA/UFG. Atualmente é professora Adjunta na Universidade Federal do Tocantins no curso de Geografia e no Programa de Pós-graduação em Geografia (mestrado) campus de Porto Nacional. Atualmente (2016) esta como coordenadora da Pós-graduação em Geografia -Campus Porto Nacional. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Educação Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de Geografia, educação ambiental, professores, meio ambiente e representações, território.

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

SOARES DE CARVALHO, M. M.; BISPO, M. O. A EDUCAÇÃO AMBIENTAL SOB A ÓTICA DA GESTÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR NO FAZER AMBIENTAL. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 227–240, 2019. DOI: 10.5216/teri.v9i1.58077. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/58077. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS