Autismo e ensino de ciências da natureza: o que está sendo produzido na pós-graduação brasileira

Autores

  • Aline dos Anjos Davi Borges Mestre pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, alineanjosdavi@gmail.com
  • Sandro Rogério Vargas Ustra Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, srvustra@ufu.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v34i1.77904

Resumo

Apresentamos um levantamento bibliográfico da produção em nível de pós-graduação (teses e dissertações), alocada na Biblioteca Digital do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia sobre o ensino de ciências da Natureza para estudantes com Transtorno do Espectro Autista. Utilizamos uma abordagem qualitativa para o estudo que contempla temas investigados, metodologias adotadas e principais conclusões. Foram selecionados 13 trabalhos com os seguintes descritores: Autismo; Ensino de Ciências; Ensino de Química; e Ensino de Física. Dentre os principais resultados destacamos que a maioria dos estudos adota uma abordagem qualitativa, concentrando-se na Educação Básica, com pouca investigação na Educação Superior. De maneira geral, a análise dos trabalhos possibilitou formar uma visão das produções sobre o tema, seus desafios e também contribuiu para o delineamento das principais características das pesquisas desenvolvidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-12-05

Como Citar

BORGES, A. dos A. D.; USTRA, S. R. V. Autismo e ensino de ciências da natureza: o que está sendo produzido na pós-graduação brasileira. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 34, n. 1, p. 118–133, 2023. DOI: 10.5216/rp.v34i1.77904. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/77904. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Educação e Diversidades: Interfaces com a Inclusão Escolar