Políticas e programas de formação continuada de alfabetizadores: avanços e limites

Autores

  • Vera Lucia Martiniak Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, Paraná, Brasil, vlmartiniak@uepg.br
  • Mirian Margarete Pereira Brisola Rede de Educação Estadual do Paraná, Paraná, Brasil, mmpcruz@uepg.br
  • Lucia Mara de Lima Padilha Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, Paraná, Brasil, lupadilha5@yahoo.com.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v33i1.74592

Resumo

Esse texto apresenta os resultados de pesquisa que buscou apontar os limites e possibilidades dos programas
implementados para formação de alfabetizadores no contexto neoliberal. O estudo teve como pressuposto o
materialismo histórico-dialético, utilizado como fio condutor das análises realizadas e aporte teórico dos seguintes
autores: Duarte (2006, 2008 e 2010), Saviani (2007, 2009) e Shiroma (2011). Para empreendimento do estudo a
investigação foi realizada por meio de pesquisa bibliográfica e documental. A política de formação de professores
alfabetizadores e alfabetização foram consideradas como categorias de análise singular neste estudo, pois
permitiram estabelecer relações com o contexto mais amplo, o universal, por meio da análise da totalidade e seus
determinantes. O singular e o universal foram categorias que se inter-relacionam por meio do particular, que neste
estudo foram expressas por meio de documentos legais de implantação e implementação dos programas. Os
resultados permitem inferir que as políticas de formação de professores são caracterizadas como políticas de
governo, sendo marcadas pela descontinuidade das ações. Outra questão que sobressai na formulação das políticas
e programas é a forte influência dos organismos internacionais e a presença da linha epistemológica tecnicista que
tem embasado a formação continuada de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Lucia Martiniak, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, Paraná, Brasil, vlmartiniak@uepg.br

Doutora em Educação; Professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Mirian Margarete Pereira Brisola, Rede de Educação Estadual do Paraná, Paraná, Brasil, mmpcruz@uepg.br

Doutora em Educação; Professora da Rede Estadual de Educação do Paraná. E-mail: mmpcruz@uepg.br.

Lucia Mara de Lima Padilha, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, Paraná, Brasil, lupadilha5@yahoo.com.br

Doutora em Educação; Professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa. E-mail: lupadilha5@yahoo.com.br.

Downloads

Publicado

2022-11-23

Como Citar

MARTINIAK, V. L.; BRISOLA, M. M. P.; PADILHA, L. M. de L. Políticas e programas de formação continuada de alfabetizadores: avanços e limites. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 33, n. 1, p. 11–26, 2022. DOI: 10.5216/rp.v33i1.74592. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/74592. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê Políticas públicas: propostas formativas, metodologias e avaliação