As práticas sociais de letramento e a sala de aula: uma reflexão

Autores

  • Luzia Rodrigues da Silva

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v17i1.6210

Resumo

Este artigo apresenta uma discussão sobre a posição de que as práticas e os eventos de letramento, nos contextos escolares, determinam a resistência ou o enfraquecimento de alunos e de professores. Nesse sentido, tais práticas e eventos, como são aqui defendidos, estão relacionados à construção da identidade profissional do professor e à constituição da identidade social dos alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luzia Rodrigues da Silva

Técnica em Assuntos Educacionais do Setor de Apoio à Ação Pedagógica do Cepae/UFG

Downloads

Publicado

2009-05-11

Como Citar

SILVA, L. R. da. As práticas sociais de letramento e a sala de aula: uma reflexão. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 17, n. 1, p. 53–61, 2009. DOI: 10.5216/rp.v17i1.6210. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/6210. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos