Formação ética de professores do Atendimento Educacional Especializado na perspectiva histórico-cultural

Autores

  • Márcia Cristina Machado Oliveira Santos
  • Almiro Schulz Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v28i1.43450

Resumo

Esse artigo fundamenta-se em uma pesquisa desenvolvida no Programa de Pós-Graduação do Curso de Mestrado em Ensino na Educação Básica do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação (Cepae/UFG), que buscou apreender possibilidades, limites, ações e funções da formação de professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE) na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), bem como as contribuições do saber filosófico para a formação ética, identificando como esse saber permeia a prática pedagógica desse grupo de professores. Para atender a esses objetivos, foram utilizados os conceitos de Ética, em Kant, e de Defectologia, em Vygotsky, e também as leis que regem a Educação Especial no Brasil. A ética, a formação docente e a inclusão são assuntos atuais, devendo-se considerar como eles pertencem ao processo da formação e prática docente, que requer atitudes, decisões e ações que têm implicações éticas. Esses professores indicaram os valores éticos presentes no seu trabalho, destacando o respeito às diferenças, ao aluno, à família, à cultura e à deficiência e a responsabilidade e o comprometimento envolvidos. Enfatizando, portanto, a ética como inclusão, como reconhecimento do aluno enquanto sujeito constituído de desejos, necessidades, potencialidades e limites, e a não valorização da deficiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Cristina Machado Oliveira Santos

Pedagoga, Psicopedagoga e Mestre em Ensino na Educação Básica no CEPAE-UFG.

Almiro Schulz, Universidade Federal de Goiás

Teólogo, Filósofo, Mestre em Filosofia e Doutor em Educação. Professor efetivo e orientador pela Universidade Federal de Goiás na Faculdade de Filosofia e no Mestrado Profissional em Ensino na Educação Básica (CEPAE). Educação Básica (CEPAE).

Downloads

Publicado

2016-09-27

Como Citar

MACHADO OLIVEIRA SANTOS, M. C.; SCHULZ, A. Formação ética de professores do Atendimento Educacional Especializado na perspectiva histórico-cultural. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 28, n. 1, p. 81–95, 2016. DOI: 10.5216/rp.v28i1.43450. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/43450. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Inclusão: todos na escola de educação básica!