O ensino de literatura no âmbito dos direitos humanos: uma perspectiva

Autores

  • Priscila Aparecida Borges Ferreira Pires Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Londrina.
  • Mauricio Cesar Menon Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Londrina.

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v26i1.37976

Resumo

Este trabalho tem por objetivo verificar se o ensino de literatura é tratado como e para a Educação em Direitos Humanos. A questão principal de investigação foi se os professores de Literatura a tratam como e para os Direitos Humanos. Essa questão se justifica, pois os professores, em sua maioria, não valorizam o princípio humanizador da Literatura. Para tanto, foram empregados como instrumentos metodológicos, a análise de planos de aula e entrevista com um professor. Esses dados foram confrontados com os dizeres do Parecer n.08/2012 e o eixo V do Decreto Federal n. 7037/2009. O ponto de partida foram os documentos citados e a concepção de que a Literatura é um Direito Humano (CANDIDO, 1995). Espera-se contribuir para uma nova visão do Ensino de Literatura, como princípio humanizador, além de levantar questionamentos acerca de se a Literatura é tratada como um Direito Humano na escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-10-09

Como Citar

PIRES, P. A. B. F.; MENON, M. C. O ensino de literatura no âmbito dos direitos humanos: uma perspectiva. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 26, n. 1, p. 39–51, 2015. DOI: 10.5216/rp.v26i1.37976. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/37976. Acesso em: 7 ago. 2022.