Ações avaliativas oficiais: para que avaliar?

Autores

  • Maria Alice de Sousa Carvalho Professora de Português do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação (Cepae), da Universidade Federal de Goiás (UFG).

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v22i1.21220

Resumo

Pretende-se, neste texto, discutir as ações avaliativas propostas pelo Ministério de Educação (MEC), especialmente com relação aos programas Índice de Desenvolvimento da EducaçãoBásica (Ideb) e Prova Brasil, no Decreto n. 6094 (BRASIL, 2007). Essas ações serão estudadas considerando-se o contexto das políticas educacionais desenvolvidas desde os anos de 1990, em que houve uma reformulação do papel do Estado, a fim de assegurar um conjuntode ações educacionais organizadas em três eixos: avaliação, gestão e financiamento. Ao fazeressa análise, espera-se contribuir para a discussão referente à função da avaliação nos programasnacionais oficiais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Alice de Sousa Carvalho, Professora de Português do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação (Cepae), da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Professora de Português do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação (Cepae), da Universidade Federal de Goiás (UFG). Doutora em Educação.

Downloads

Publicado

2012-11-29

Como Citar

CARVALHO, M. A. de S. Ações avaliativas oficiais: para que avaliar?. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 22, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/rp.v22i1.21220. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/21220. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos