A MOBILIZAÇÃO DOS SABERES NO ATO DE ENSINAR E APRENDER GEOGRAFIA PERMEADO PELAS TECNOLOGIAS DIGITAIS

Autores

Palavras-chave:

Saberes docentes, letramento digital do professor, conhecimento geográfico

Resumo

Neste artigo, procuramos realizar uma discussão acerca da importância da mobilização dos saberes docentes no desenvolvimento das aulas de Geografia na Educação Básica. Dentro desses saberes destaca-se o letramento digital dos professores para que possam utilizar as tecnologias digitais em suas aulas, de modo a estimular o protagonismo do estudante na construção do conhecimento geográfico. Ao longo do texto trazemos resultados de pesquisa acadêmica e relato de experiências com estagiários, referente ao assunto.  Como resultado do estudo é possível apontar a grande influência da formação em como utilizar as tecnologias digitais nas atividades de aula, para que o professor possa planejar uma aula que mobilize os conhecimentos já adquiridos dos estudantes para a construção de novos conhecimentos de maneira autônoma e não pensando o uso das tecnologias somente como mais um suporte para o desenvolvimento das aulas.

Biografia do Autor

Ana Maria de Oliveira Pereira, Universidade Federal da Fronteira Sul - campus Erechim

Graduada em Geografia, Mestre em Educação e Doutora em Diversidade Cultural e Inclusão Social. Trabalhou por uma década e meia como docente da Educação Básica, Ensino Fundamental e Médio e atualmente é professora na Universidade Federal da Fronteira Sul no Campus Erechim nos cursos de Geografia e Pedagogia e no Campus Chapecó no Mestrado em Educação. Realiza pesquisas na área de formação de professores, metodologias de ensino e informática na educação. Destaque para publicação recente do livro intitulado: Aprender e Ensinar Geografia na sociedade tecnológica: possibilidades e limitações (Editora Appris).

Endereço profissional: Universidade Federal da Fronteira Sul – ERS 135 KM 72, n. 200 Cx Postal 764 – CEP 99700-970 Erechim - RS

Downloads

Publicado

2020-12-01

Edição

Seção

Artigos