“International women day” de Angela Eiko Okumura: tradução comentada de uma poesia política e feminista

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v32.62929

Palavras-chave:

Tradução comentada. Poesia. Literatura em Sinais. Libras.

Resumo

Neste estudo são abordadas as principais estratégias adotadas na tradução da poesia em Língua Brasileira de Sinais “INTERNATIONAL WOMEN DAY”, da poetisa surda Angela Eiko Okumura, para a Língua Portuguesa escrita. Com base nos Estudos da Tradução e Interpretação de Línguas de Sinais – ETILS e estudos da literatura surda, desenvolvemos algumas reflexões sobre os desafios encontrados e as escolhas de tradução realizadas. Utilizamos a metodologia de tradução comentada. Apresentamos os problemas tradutórios encontrados, assim como a perspectiva dos tradutores sobre as escolhas feitas. A fim de descrever o processo de construção de sentido e tornar a poesia esteticamente interessante para o público alvo, na tradução final, buscou-se preservar as características do gênero poesia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMORIM, M.; SOUSA, D. O eu-outro. In: GALVÃO, V. et al. (Orgs.). Anais do Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa. UFG, Goiânia: FUNAPE, 2013, p. 1182-1887.

BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. Paulo Bezerra (Organização, Tradução, Posfácio e Notas); Notas da edição russa: Seguei Botcharov. São Paulo: Editora 34, 2016. 164p.

BASSNETT, Susan. Translation studies, 3 ed. London/New York: Routledge. 2003.

CAMPOS, Haroldo. A operação do texto. São Paulo: Perspectiva, 1976. p. 9-13.

CAMPOS, Haroldo de. Da tradução como criação e como crítica. In: --- Metalinguagem & Outras Metas. São Paulo: Perspectiva, 1992. p. 31-48.

CAS-MS. Lei Maria da Penha. A Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM) – ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos Assistência Social e Trabalho (Sedhast). Traduçao para Libras. Cláudio Luiz Vasques dos Santos; Gislaine da Luz Nunes; Larissa Sisti Lima; Tamires Bessa da Silva. Campo Grande – MS. 2016.

KARNOPP, Lodenir. Literatura Surda. Universidade Federal de Santa Catarina Licenciatura em Letras-Libras na Modalidade a Distância. Florianópolis, 2008. Disponível em: <http://www.libras.ufsc.br/colecaoLetrasLibras/eixoFormacaoEspecifica/literaturaVisual/assets/369/Literatura_Surda_Texto-Base.pdf>

KARNOPP, Lodenir; MACHADO, Rodrigo N. Literatura Surda: ver histórias em línguas de sinais. Anais do 2º. Seminário Brasileiro de Estudos Culturais em Educação – 2SBECE. Canoas: ULBRA, 2006. CD-ROM.

LARANJEIRA, Mário. Poética da tradução: do sentido à significância. - São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1993.

ORLATO. Maria Célia Orlato Selem. Entrevista concedida em Por que 8 de março é o Dia Internacional da Mulher?. 7 de março de 2018. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/301/por-que-8-de-marco-e-o-dia-internacional-da-mulher>

PERLIN, G.; VILHALVA, S. V. Mulher Surda: elementos ao empoderamento na política afirmativa. Revista Fórum, Rio de Janeiro, v. 0, n. 33, p. 1-12, 2016.

PONZIO, A. A revolução bakhtiniana: o pensamento de Bakhtin e a ideologia contemporânea/Augusto Ponzio. Coordenação de tradução Valdemir Miotello. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2012.

PYM, Anthony et al. Exploring Translations Theories. Cadernos de Tradução, Florianópolis, v. 36, n. 3, p. 214-317, set. 2016. ISSN 2175-7968. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/2175-7968.2016v36n3p214>. Acesso em: 01 abr. 2020. doi:https://doi.org/10.5007/2175-7968.2016v36n3p214

RODRIGUES, C. H. A interpretação para a língua de sinais brasileira: efeitos de
modalidade e processos inferenciais. 254 f. Tese (Doutorado) - Curso de Letras,
Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013. Disponível em:
<http://www.bibliotecadigital.ufmg.br>.

SANTOS, Silvana Aguiar dos Santos; STUMPF, Marianne Rossi. Cartilha sobre violência doméstica – perguntas e respostas: experiências de tradução do português para Libras. In: Revista Espaço 1990-2019 | INES - Instituto Nacional de Educação de Surdos. INES | Revista Espaço | Rio de Janeiro | nº 51 | jan-jun | 2019. Disponível em: http://www.ines.gov.br/seer/index.php/revista-espaco/article/view/598/659

SOBRAL, Adail. Posfácio. In: BENEDETTI, Ivone; SOBRAL, Adail (org). Conversas com tradutores: balanços e perspectivas da tradução. São Paulo: Parábola. 2003, p. 201-214.

SOBRAL, Adail Ubirajara. Dizer o mesmo aos outros: ensaios sobre tradução. São Paulo: Special Book. Service Livraria, 2008.

SUTTON-SPENCE, Raquel; FELICIO, Márcia; LEITE, Tarcísio; LOPES, Betty; MACHADO, Fernanda; BOLDO, Jaqueline. ; CARVALHO, Daltro. Os craques da Libras: a importância de um festival de folclore sinalizado. Revista Sinalizar, v. 1, p. 78-92, 2016.

VOLOCHÍNOV, V. A construção da enunciação e outros ensaios. São Carlos: Pedro & João Editores, 2013.

Downloads

Publicado

2021-07-08

Como Citar

ALBRES, N. A.; DIAS, L. . “International women day” de Angela Eiko Okumura: tradução comentada de uma poesia política e feminista. Signótica, Goiânia, v. 32, 2021. DOI: 10.5216/sig.v32.62929. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/62929. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê de Estudos Linguísticos