A problematização de um mito: como e quem pode contextualizar novas palavras no processo de abordagem lexical?

Autores

  • Marco Túlio de Urzêda Freitas
  • Rosane Rocha Pessoa

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v20i2.6086

Resumo

RESUMO
Neste artigo, apresentamos os resultados de uma pesquisa que visou
problematizar a noção de contexto no processo de aquisição/aprendizagem de
vocabulário em aulas de inglês. Os dados evidenciaram a relevância da
contextualização lexical no trabalho com estratégias diretas e indiretas de
aprendizagem, bem como desmistificaram a ideia de que apenas o professor tem
o poder de contextualizar novos itens lexicais apresentados em sala de aula.
PALAVRAS-CHAVE: aquisição/aprendizagem de vocabulário, contexto, estratégias
diretas e indiretas de aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-04-27

Como Citar

FREITAS, M. T. de U.; PESSOA, R. R. A problematização de um mito: como e quem pode contextualizar novas palavras no processo de abordagem lexical?. Signótica, Goiânia, v. 20, n. 2, p. 392–418, 2009. DOI: 10.5216/sig.v20i2.6086. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/6086. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigo