Por uma nova universidade? Interculturalidade e diversidade nas relações entre professores e alunos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v22.73928

Resumo

Relacionamos os debates sobre a inserção de diferentes sujeitos sociais na educação superior e as políticas nacionais que visam a expansão de cursos e a abertura de novas vagas. Analisamos os dados divulgados pelo Censo da Educação Superior, a partir da perspectiva decolonial, buscando compreender quais diferentes perfis têm integrado a Educação Superior e como esses novos perfis podem nos ajudar a estabelecer espaços sociais interculturais. A pesquisa com o número gerado pelo Censo indica o aumento de pessoas com deficiência, pretos e pardos e pessoas com renda salarial baixa. Debatemos as categorias ‘inserção’ e ‘inclusão’, face ao avanço das taxas de evasão, indicando que as experiências interculturais possibilitam a interação dialógica entre diferentes indivíduos em um mesmo espaço social, questionando as diferenças e assimetrias sociais que legitimam alguns grupos e tornam outros subordinados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29-12-2022

Como Citar

GOMIDES, P. A. D.; CARVALHO, G. T. Por uma nova universidade? Interculturalidade e diversidade nas relações entre professores e alunos . Revista UFG, Goiânia, v. 22, n. 28, 2022. DOI: 10.5216/revufg.v22.73928. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/73928. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê A inclusão na educação superior: o olhar a partir de Brasil, Moçambique e outros países