Saberes das águas – intertrocas contínuas entre pessoas, saberes e uma fluida ancestralidade amazônica

Autores

Resumo

Este ensaio fotográfico aborda os ‘saberes das águas’, levando em consideração as intertrocas socioculturais de povos que vivem às margens do rio Acará, no município de mesmo nome, no Pará. Trata-se, de uma pesquisa em andamento, que busca analisar as representações de alguns moradores a partir de suas relações com este rio. O estudo de caráter qualitativo, com procedimentos metodológicos envolvem observação participante, entrevistas e registros do cotidiano do entorno do rio Acará junto aos sujeitos envolvidos, além de rodas de conversa sobre os saberes com um grupo específico (feirantes, rabeteiros e moradores). Soma-se, ainda, o estudo bibliográfico a partir de diferentes autores e autoras. Como resultados parciais, é possível sinalizar que os saberes das águas são de ordem prática na vida dos sujeitos e, simultaneamente, se percebe uma aproximação sociocultural e socioambiental desses munícipes, a partir dos aprendizados dessa movimentação cotidiana que circulam nesse espaço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliene da Silva Alves, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém, Pará, Brasil, elienyalves@hotmail.com

Discente do Curso de Pós-Graduação Latu Senso em Ensino de Ciências da Natureza em Territórios Educacionais da Transamazônica e Xingu (UFPA-Altamira); Licenciada em Educação do Campo com ênfase em Ciências Naturais (UFPA-Abaetetuba).

Eliana Campos Pojo Toutonge, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém, Pará, Brasil, lilicapojo@gmail.com

Graduada em Pedagogia (1987), mestrado em Educação pela Universidade Metodista de São Paulo (2003) e Doutorado em Ciências Sociais (2017) na Linha de Pesquisa: Processos Sociais, Identidades e Representações do Mundo Rural pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Universidade de Campinas. Docente efetiva da Universidade Federal do Pará/Campus Universitário de Abaetetuba. Coordena o Grupo de Pesquisa e Extensão "De Bubuia Amazônica - Infâncias, Territórios Rurais e Processos Educativos e Culturais?. Na área de Educação, privilegia as seguintes temáticas: educação do campo, movimentos sociais, processos educativos e culturais de povos tradicionais da Amazônia. Educação Infantil do campo.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

ALVES, E. da S.; TOUTONGE, E. C. P. . Saberes das águas – intertrocas contínuas entre pessoas, saberes e uma fluida ancestralidade amazônica . Revista UFG, Goiânia, v. 20, n. 26, 2020. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/64191. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Ensaio Visual