Natureza em movimento: registros de paisagens e belezas naturais de cotidiano ribeirinhos da Amazônia

  • Rosenildo da Costa Pereira

Resumo

A natureza está sempre em movimento, seja por homens/mulheres que fazem ela se
movimentar por meio da ação homem-natureza, seja pela sua própria condição natural,
observáveis cotidianamente e capaz de aflorar belezas inconfundíveis, inusitáveis,
incondicionais, todos os dias. Nunca se ver a mesma paisagem, apesar dela (natureza) ser
única. As paisagens naturais apresentadas aqui estão de forma similar com a proposição de
Herácrito (1973, p. 94) quando afirma “Em rio não se pode entrar duas vezes no mesmo”.
Assim acontecem com as belas paisagens, vistas a cada dia de forma diferente. Nunca ela é a
mesma.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
27-04-2020
Como Citar
Pereira, R. da C. (2020). Natureza em movimento: registros de paisagens e belezas naturais de cotidiano ribeirinhos da Amazônia. Revista UFG, 20(26). Recuperado de https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/63001
Seção
Ensaio Visual