Quando o saber emerge do concreto

Autores

  • Kênia Amaral Duarte dos Santos Universidade de Brasília (UnB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, keniaamaral_@hotmail.com
  • Raphael Lopes Olegário Universidade de Brasília (UnB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, rlounb@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v20.59147

Resumo

O presente ensaio fotográfico procura demonstrar as diferentes linguagens visuais e espaciais oriundas do contexto acadêmico de uma Universidade Federal na capital do país. Os ensaios foram realizados em espaços da Universidade de Brasília ao longo dos meses de junho de 2018 a abril de 2019 com enfoque na captação de retrados cotidianos, demonstrando como a interação humana age na construção do espaço de educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kênia Amaral Duarte dos Santos, Universidade de Brasília (UnB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, keniaamaral_@hotmail.com

Advogada (2013), especialista (2017) em Bioética pela Universidade de Brasília. Possui experiência na área de saúde e família. Participou de diversas comissões acadêmicas da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Distrito Federal (OAB/DF). Possui trabalhos publicados em anais de eventos na área da Biotética e do Direito. É presidente da Comissão de Bioética e Biodireito da subseção de Ceilândia (OAB/DF), Presidente da Comissão de Bioética do Instituto Brasileiro de Direito da Família - Distrito Federal (Gestão 2019/2021) e membro da comissão de Bioética, Biodireito e Biotecnologia da OAB/DF.

Raphael Lopes Olegário, Universidade de Brasília (UnB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, rlounb@gmail.com

Graduação em Educação Física (FEF/UnB). Mestrando em Ciências do Comportamento (IP/UnB). Membro do grupo de pesquisa em Percepção Visual (IP/UnB). Tem interesse em Neurociência Cognitiva e Computacional. Possui experiência em Neuroreabilitação e Treinamento Físico, Anatomia e Neuroanatomia Aplicada e Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs). E-mail: rlounb@gmail.com.

Downloads

Publicado

2020-04-28

Como Citar

SANTOS, K. A. D. dos; OLEGÁRIO, R. L. Quando o saber emerge do concreto. Revista UFG, Goiânia, v. 20, n. 26, 2020. DOI: 10.5216/revufg.v20.59147. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/59147. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Ensaio Visual