MARXISM AND HUMAN RIGHTS: HISTORY, EXPLOITATION AND THE LABOUR-CAPITAL COMPROMISE

MARXISMO E DIREITOS HUMANOS: HISTÓRIA, EXPLORAÇÃO E O COMPROMISSO LABOR-CAPITAL

Autores

  • Bruce Gilbert Bishop's University

DOI:

https://doi.org/10.5216/rfd.v44i3.66284

Resumo

Existem dois elementos essenciais em qualquer análise verdadeiramente marxista: a teoria da exploração e uma teoria dialética da história. A posição marxista original sobre os direitos humanos, forjada nessa base por Marx no século 19, argue que os direitos são apenas parte da superestrutura legal que facilita o desenvolvimento capitalista. No entanto, o grande compromisso entre capital e trabalho forjado em muitos países durante o século XX, que colocou explicitamente os direitos humanos a serviço da proteção dos ganhos do trabalho organizado, requer que a atitude marxista em relação aos direitos humanos mude de acordo com isso. Os direitos humanos não mais podem ser rejeitados pelos marxistas, mas devem ser em parte abraçados como parte dos avanços obtidos não apenas nas lutas dos trabalhadores, mas também de outras partes marginalizadas da sociedade humana, como os povos indígenas e tradicionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-22

Como Citar

GILBERT, B. MARXISM AND HUMAN RIGHTS: HISTORY, EXPLOITATION AND THE LABOUR-CAPITAL COMPROMISE: MARXISMO E DIREITOS HUMANOS: HISTÓRIA, EXPLORAÇÃO E O COMPROMISSO LABOR-CAPITAL. Revista da Faculdade de Direito da UFG, Goiânia, v. 44, n. 3, 2021. DOI: 10.5216/rfd.v44i3.66284. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revfd/article/view/66284. Acesso em: 6 jul. 2022.