CONTEXTO E DESDOBRAMENTOS DA IMPLANTAÇÃO DO MOVIMENTO BRASILEIRO DE ALFABETIZAÇÃO (MOBRAL) NO CEARÁ: PERCEPÇÕES DE SUJEITOS ENVOLVIDOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v47i1.67460

Resumo

No Brasil, houve diversas tentativas de erradicar o analfabetismo de jovens e adultos por meio de vários programas, sendo um deles o Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL). Esse foi um Programa que conseguiu se expandir até nas mais distantes cidades do interior do Brasil. Ciente desta realidade, o trabalho tem por objetivo geral situar o contexto político, econômico e educacional do Estado do Ceará à época em que o MOBRAL foi implantado. Objetiva ainda apresentar movimentos de educação popular que ocorreram antes do Golpe Civil Militar de 1964, e também o que estava acontecendo no contexto cearense por meio de relatos de educadores. O estudo, qualitativo, respaldou-se teoricamente em autores como: Paiva (1981), Jannuzzi (1987), Farias (2009) e Gomes (2012). Utilizou-se como fonte de coleta de dados entrevistas feitas pelo NUDOC/UFC com pessoas que trabalharam na Secretaria de Educação do Estado no período estudado. A análise dos dados aponta para mudanças no modo como a educação vinha sendo conduzida pelo Estado no momento em que a Ditadura se instaura no País. O trabalho que anteriormente era realizado por esses educadores foi interrompido pelo fato de suas ideias confrontarem a ideologia dos militares.  

PALAVRAS-CHAVE: Educação de Jovens e Adultos. MOBRAL. Contexto Cearense.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Cristina de Moraes, Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza, Ceará, Brasil, anakrismoraes@hotmail.com

Pós-doutoranda em Educação pelo PPGE da Universidade Federal do Ceará - UFC. Doutora em Educação (UNICAMP). Mestre em Educação (UFC). Especialista em Metodologia do Ensino de Artes (UECE). Professora da Universidade Estadual do Ceará – UECE/Faculdade de Educação de Itapipoca – FACEDI. Vinculada aos Programas de Pós-Graduação em Educação da UECE – PPGE – e ao Mestrado Acadêmico Intercampi em Educação – MAIE.

Raquel Rogério Santos, Prefeitura Municipal de Itapipoca (PMI), Itapipoca, Ceará, Brasil, raquelrogerio88@gmail.com

Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Educação de Itapipoca (FACEDI-UECE). Professora efetiva nos anos iniciais do Ensino Fundamental na rede pública municipal de ensino do município de Itapipoca-CE.

Pedro Jônatas da Silva Chaves, Prefeitura Municipal de Itapipoca (PMI), Itapipoca, Ceará, Brasil, pedrojonatas_sc@hotmail.com

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE-UECE). Membro da ANPEd - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. Atua como professor, professor formador de professores e técnico de acompanhamento escolar dos anos finais do Ensino Fundamental na Prefeitura Municipal de Itapipoca (PMI).

Downloads

Publicado

2022-04-30

Como Citar

MORAES, A. C. de; SANTOS, R. R.; CHAVES, P. J. da S. CONTEXTO E DESDOBRAMENTOS DA IMPLANTAÇÃO DO MOVIMENTO BRASILEIRO DE ALFABETIZAÇÃO (MOBRAL) NO CEARÁ: PERCEPÇÕES DE SUJEITOS ENVOLVIDOS. Revista Inter Ação, Goiânia, v. 47, n. 1, p. 59–72, 2022. DOI: 10.5216/ia.v47i1.67460. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/view/67460. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos