DEMOCRACIA DIRETA, AÇÃO DIRETA E AUTOGESTÃO: O CASO DO MOVIMENTO DE OCUPAÇÕES ESTUDANTIS NA AMÉRICA LATINA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v46i1.64920

Resumo

O presente trabalho utiliza conceitos como democracia e movimentos sociais, pelo viés das interpretações político-filosóficas vinculadas à corrente anarquista com o intuito de analisar o fenômeno das ocupações estudantis nos anos de 2015 e 2016. Princípios como democracia direta, ação direta e autogestão serão centrais para balizar nosso debate e mostrar similitudes das medidas políticas adotadas por estudantes secundaristas com a prática libertária. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Xavier de Santana, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, Brasil, guidesantana@gmail.com

Doutorando em História Comparada no Programa de Pós-Graduação em História Comparada do Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHC-IH-UFRJ); bolsista da CAPES; membro-pesquisador do Observatório do Trabalho na América Latina da UFRJ (OTAL-UFRJ) e do Coletivo de Pesquisas Decoloniais e Libertárias da UFRJ (CPDEL-UFRJ); Mestre em Educação no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGE-UFRJ) na linha de Políticas e Instituições Educacionais; Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2009). Atualmente é professor do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia.

Downloads

Publicado

2021-04-17

Como Citar

SANTANA, G. X. de . DEMOCRACIA DIRETA, AÇÃO DIRETA E AUTOGESTÃO: O CASO DO MOVIMENTO DE OCUPAÇÕES ESTUDANTIS NA AMÉRICA LATINA. Revista Inter Ação, Goiânia, v. 46, n. 1, p. 131–148, 2021. DOI: 10.5216/ia.v46i1.64920. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/view/64920. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos