A LAICIDADE NO PENSAMENTO DE TRÊS MULHERES DO INÍCIO DO SÉCULO XX: MIRADAS FEMINISTAS SOBRE O TEMA NA AMÉRICA LATINA

Resumo

Este artigo busca analisar os debates em torno da temática que envolve educação, Estado e Igreja, no contexto latino-americano, nas primeiras décadas do século XX, baseados nos discursos produzidos por três intelectuais que fomentaram uma discussão acerca da laicidade do ensino. São elas: a brasileira Maria Lacerda de Moura, a argentina Carolina Muzilli e a uruguaia Paulina Luisi. Para o desenvolvimento das análises são utilizadas fontes de autoria das três intelectuais, produzidas em diferentes contextos, tais como: livros, periódicos e comunicações apresentadas em Congressos da época. As mulheres escolhidas estiveram à frente de iniciativas polêmicas e de repercussão nacional e internacional, relacionadas à educação, inserção e a emancipação das mulheres. O texto está dividido em três partes. Inicialmente, uma breve discussão do corpus documental e sobre as questões teóricas que ancoram as análises. Em seguida, discute-se a questão da laicidade por meio do contexto em que tais discussões surgiram, buscando compreender como a questão da laicidade do ensino estava vinculada a outras pautas. Na sequência, foi necessário lançar um olhar sobre as trajetórias individuais das intelectuais escolhidas de forma a refletir sobre as motivações que as levaram a difundir os discursos a favor da laicidade na educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandra Padilha Bueno, UFPR (Capes)

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Mestra em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), foi coordenadora de alfabetização do ensino fundamental do Núcleo de anos iniciais da Secretaria da Educação do Município de Araucária (Gestão 2009-2012). É professora da Educação Básica no Município de Araucária, atuando principalmente com turmas do ciclo de alfabetização. Tem experiência nas áreas de Ensino e Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: história da educação, história intelectual, educação feminina, imprensa, alfabetização e letramento.

Andrea Bezerra Cordeiro, UFPR

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Paraná na linha de História e Historiografia da Educação (2015). Possui mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná (2005) e é graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná (2000). Professora Adjunta no Departamento de Planejamento e Administração Escolar do Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná. Parecerista ad hoc em periódicos científicos nacionais e internacionais nas áreas de Educação e História. Vice-coordenadora do Projeto de Extensão Memórias e Histórias sobre Educação. Atualmente sua ênfase recai sobre a História da Educação e da Cultura Material na Educação, principalmente nos seguintes temas: arquivos escolares, história do provimento material da escola Primária e Normal no início do século XX, história editorial da literatura infantil, além de estudos acerca da História da Infância na América Latina e dos movimentos pan-americanos em prol da infância.

Publicado
12-08-2019
Como Citar
Bueno, A. P., & Cordeiro, A. B. (2019). A LAICIDADE NO PENSAMENTO DE TRÊS MULHERES DO INÍCIO DO SÉCULO XX: MIRADAS FEMINISTAS SOBRE O TEMA NA AMÉRICA LATINA. Revista Inter Ação, 44(2), 372-389. https://doi.org/10.5216/ia.v44i2.56927