Do oppidum à capital de província

algumas considerações sobre a especificidade de Bracara Augusta e sua integração ao mundo romano (séculos I-IV)

Autores

  • Roberta Alexandrina Silva UFPA

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v25i1.61983

Resumo

Este artigo faz algumas considerações relativos à história da cidade romana de Bracara Augusta, com a pretensão de debater acerca da memória esquecida de uma opulenta urbs, importante no noroeste da Hispânia. Também, será debatido como as evidências arqueológicas foram um importante instrumento fundamental na (re)descoberta da cidade desde 1976, mostrando nuances antes fragmentadas e olvidadas por sobreposições de períodos. Portanto, ambiciona neste artigo fazer algumas ponderações acerca do protagonismo da cidade perante a região e o processo de integração da população no mundo Romano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberta Alexandrina Silva, UFPA

Doutora em História pelo IFCH/DH/UNICAMP. Pós-doutorado pelo Programa de Pós-graduação em História, UFES e pelo Programa IFCH/DH/UNICAMP. Professora na UFPA, campus Universitário de Bragança, e professora colaboradora no Programa de Pós-Graduação em História Ibérica, UNIFAL-MG. Professora Associada ao Laboratório de Estudos sobre o Império Romano – LEIR/UFES.

Downloads

Publicado

2020-09-17

Como Citar

SILVA, R. A. Do oppidum à capital de província: algumas considerações sobre a especificidade de Bracara Augusta e sua integração ao mundo romano (séculos I-IV). História Revista, Goiânia, v. 25, n. 1, p. 24–39, 2020. DOI: 10.5216/hr.v25i1.61983. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/61983. Acesso em: 18 ago. 2022.