Ensino inclusivo em um curso de Educação Física

análise das adaptações pedagógicas para o estudante cego na educação superior

Autores

  • Renata Carvalho dos Santos Universidade Estadual de Goiás/ Campus Eseffego
  • Barbara Andressa Mendonça de Rocha Mesquita Universidade Estadual de Goiás/ Campus Eseffego
  • Carolina Cristina Rodrigues Favoretto Universidade Estadual de Goiás/ Campus Eseffego
  • Kelly Cristiny Martins Evangelista Universidade Estadual de Goiás/ Campus Eseffego
  • Vicente Paulo Batista Dalla Déa Universidade Estadual de Goiás/ Campus Eseffego
  • Vanessa Helena Santana Dalla Déa Universidade Federal de Goiás/Faculdade de Educação Física e Dança

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v23.60366

Palavras-chave:

Educação Superior., Educação Física., Anatomia., Transtornos da Visão.

Resumo

O objetivo dessa pesquisa foi analisar as estratégias de acessibilidade pedagógica para atender as necessidades educacionais de estudante cego, matriculado na disciplina de anatomia humana de um curso de Educação Física em uma universidade pública, por meio da pesquisa-ação. O estudo foi realizado no primeiro semestre de 2018. Verificou-se a necessidade e construção de peças anatômicas com materiais de baixo custo em diferentes texturas, e utilização de peças anatômicas sintéticas. Os resultados indicam que as adaptações pedagógicas e instrumentais utilizadas foram essenciais ao processo de ensino-aprendizagem do aluno cego, aliado a sua utilização em conjunto com toda turma. O estudante se apropriou do conteúdo da disciplina identificado por meio das avaliações realizadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21-12-2020

Como Citar

Santos, R. C. dos, Mesquita, B. A. M. de R., Favoretto, C. C. R., Evangelista, K. C. M., Dalla Déa, V. P. B., & Dalla Déa, V. H. S. (2020). Ensino inclusivo em um curso de Educação Física: análise das adaptações pedagógicas para o estudante cego na educação superior. Pensar a Prática, 23. https://doi.org/10.5216/rpp.v23.60366

Edição

Seção

Artigos Originais