RELAÇÕES PEDAGÓGICAS ENTRE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E JOGOS OLÍMPICOS

Autores

  • Viviane Ribeiro Paes Universidade Estadual de Campinas
  • Osmar Moreira de Souza Júnior Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v17i2.25013

Palavras-chave:

Educação Física Escolar, Jogos Olímpicos, Prática Pedagógica

Resumo

O presente estudo teve o objetivo de investigar e analisar quais as perspectivas de professores de Educação Física, em relação a suas práticas pedagógicas, com a realização dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil. Para realização desse estudo utilizou-se a abordagem qualitativa por meio de entrevista semiestruturada com seis professores de Educação Física, atuantes na rede estadual de São Carlos. Foi utilizada a análise categorial de dados e percebeu-se que os docentes elencaram possibilidades de diálogo dos Jogos Olímpicos em suas aulas, apesar de apresentarem em alguns momentos visão limitada e esportivista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Ribeiro Paes, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal de São Carlos (2011). Atualmente é mestranda em Educação Física pela universidade Estadual de Campinas, na área de Educação Física e sociedade. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Educação Física escolar, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas públicas, jogos olímpicos, megaeventos. educação física escolar. http://lattes.cnpq.br/7993144445199575

Osmar Moreira de Souza Júnior, Universidade Federal de São Carlos

Doutor em Educação Física pela FEF-Unicamp em 2013, na área de concentração Educação Física e Sociedade, tendo como título da tese "Futebol como projeto profissional de mulheres: interpretação da busca pela legitimidade" (orientadora: profa. Dra. Heloisa H. Baldy dos Reis); Mestre em Ciências da Motricidade, na linha de pesquisa de Educação Física escolar, pela Unesp (Campus de Rio Claro) em 2003, tendo como título da dissertação "Co-educação, futebol e Educação Física escolar" (orientadora: profa. Dra. Suraya C. Darido); Graduado em Licenciatura em Educação Física pela Unesp (Campus de Rio Claro) em 1992. Professor Assistente no Departamento de Educação Física e Motricidade Humana (DEFMH) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Co-autor do livro "Para ensinar Educação Física: possibilidades de intervenção na escola" (lançado em 2007 pela editora Papirus e atualmente na 7ª edição) em co-autoria com a profa. Dra. Suraya C. Darido. Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisas de Futebol (GEF-Unicamp); membro do Laboratório de Estudos e Trabalhos Pedagógicos em Educação Física (LETPEF-Unesp de Rio Claro) e membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas das Abordagens Táticas nos Esportes Coletivos (NEPATEC-Unesp de Bauru). Experiência na área de Educação Física escolar, tendo atuado como professor e coordenador de Educação Física no Ensino Fundamental e Médio em um colégio particular durante 11 anos (1997-2008). Principais áreas de atuação: Educação Física escolar, organização curricular, pedagogia do esporte, sociologia do esporte, futebol e gênero. http://lattes.cnpq.br/9176123942671062

Downloads

Publicado

2014-06-30

Como Citar

PAES, V. R.; SOUZA JÚNIOR, O. M. de. RELAÇÕES PEDAGÓGICAS ENTRE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E JOGOS OLÍMPICOS. Pensar a Prática, Goiânia, v. 17, n. 2, 2014. DOI: 10.5216/rpp.v17i2.25013. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/25013. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais