Escavações de audiovisualidades em narrativas site-specific

Autores

  • Tiago Lopes Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil, tricciardi@unisinos.br.
  • Gustavo Fischer Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil, gfischer@unisinos.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/ci.v23.66356

Palavras-chave:

Audiovisualidades, Escavação, Narrativas Site-specific, Arquelogia da mídia, Mídias Locativas

Resumo

Propõe uma discussão a respeito das audiovisualidades – tomadas enquanto qualidades audiovisuais que se atualizam em formatos diversos em nossa tecnocultura  – presentes em duas narrativas as quais foram projetadas para serem acessadas e acionadas em conexão com determinadas localidades (site-specific): os projetos artísticos 34N118W (2003) e A Machine to See With (2010). Metodologicamente, apoia-se na perspectiva da arqueologia da mídia enquanto visada que propõe a realização de escavações materiais – no sentido da descrição e resgate de imagens e documentos sobre os observáveis e memoriais – para autenticação de devires tecnoculturais que podem ser percebidos nessas obras. Nesse movimento, são propostas quatro camadas de audiovisualidades narrativas: caminhantes, urbanas, locativas e guiadas. Em articulação, estas camadas dão a ver estéticas de conectividades híbridas que seguem sustentando lógicas de desafio ao estatuto das imagens técnicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Lopes, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil, tricciardi@unisinos.br.

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Professor da Escola da Indústria Criativa e colaborador no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da UNISINOS. São Leopoldo, RS, Brasil. e-mail: tricciardi@unisinos.br

Gustavo Fischer, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil, gfischer@unisinos.br

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Professor da Escola da Indústria Criativa e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da UNISINOS. São Leopoldo, RS, Brasil. e-mail gfischer@unisinos.br. ORCID https://orcid.org/0000-0001-5794-7033

Referências

NORTH 118 WEST. In: 34 North 118 West, [S. l.], 2003. Disponível em: https://34n118w.net/34N/. Acesso em: 10 out. 2020.

N118W. In: 34 North 118 West, [S. l.], 2003. Disponível em: http://34n118w.net/34N/jpgs/IM01.jpg. Acesso em: 10 out. 2020.

BISHOP, Janet; GARRELS, Gary; WEBER, John (org.). Present tense: nine artists in the nineties. San Francisco: San Francisco Museum of Modern Art (SFMOMA), 1997.

BOIS, Yve-Alain. Introduction. In: EISENSTEIN, Sergei. Montage and architecture. Assemblage. The MIT Press, Cambridge, Dec. 1989, n. 10, p. 111-131.

BOLTER, David; GRUSIN, Richard. Remediation: understanding new media. Cambridge: MIT Press, 2000.

BRUNO, Giuliana. Atlas of emotion – journeys in art, architecture, and film. Nova York: Verso, 2002.

CANEVACCI, Massimo. Antropologia da comunicação visual. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2001.

CORNELIO, Gemma. Mapas, teléfonos móviles y narraciones: possibilidades y estado de lacuestión de los locative media. Anàlisi, Barcelona, 2010. Quaderns de Comunicació i Cultura, n. 40, p. 115-128.

DUBOIS, Philippe. Cinema, vídeo, Godard. São Paulo: Cosac Naify, 2004.

EISENSTEIN, Sergei. Montage and architecture. Assemblage. The MIT Press, Cambridge, Dec. 1989, n. 10, p. 111-131.

EISENSTEIN, Sergei. O sentido do filme. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.

EPSTEIN, Michael. Moving Store. Media in transition 6: stone and papyrus, storage and transmission. Cambridge: MIT, 2009.

FELINTO, Erick. Um futuro complexo, híbrido, incerto e heterogêneo. [Entrevista cedida a] Márcia Junges e Thamiris Magalhães. IHU-Online: revista do Instituto Humanitas Unisinos, São Leopoldo, ed. 375, 3 out. 2011.

GRIFFIS, Ryan. Por uma arte contra a cartografia da vida cotidiana. In: Mediações, tecnologia e espaço público: panorama crítico da arte em mídias móveis. BAMBOZZI, Lucas; BASTOS, Marcus; MINELLI, Rodrigo (org.). São Paulo: Conrad Editora do Brasil, 2010.

HIGHT, Jeremy. Views from above: locative narrative and the landscape. Leonardo Electronic Almanac, Studio City, Nov. 2006, v. 14, n. 7-8, p. 1-10, 2006.

HUHTAMO, E.; PARIKKA, Jussi. Media archeology: approaches, applications, and implications. Berkeley, California: University of California Press, 2011.

JENKINS, Henry. Game design as narrative architecture. In: WARDRIP-FRUIN, Noah;

HARRIGAN, Pat (org.). First Person: new media as story, performance, and game. Cambridge: MIT Press, 2004.

KILPP, Suzana. Audiovisualidades de TV: apontamentos preliminares sobre imagem-duração. Contemporânea - Revista de Comunicação e Cultura, Universidade Federal da Bahia, Ondina, v. 4, n. 1, p. 1-18, 2006.

LEMOS, André. Mídia locativa e territórios informacionais. In: ARANTES, Priscila; SANTAELLA, Lúcia (org.). Estéticas tecnológicas. São Paulo: PUC, 2007.

LOPES, Tiago. A aura e os vestígios do audiovisual em experiências estéticas com mídias locativas: performances algorítmicas do corpo no espaço urbano. Tese (Doutorado em Comunicação – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, RS, 2014. Disponível em: http://biblioteca.asav.org.br/vinculos/000012/00001222.pdf. Acesso em: 10 out. 2020.

MAGNONI, A. F.; MIRANDA, G. V. Jornalismo hiperlocal e internet: a comunicação hiperlocal cidadã como possibilidade na arena pública. Comunicação & Informação, Goiânia, v. 21, n. 3, p. 166-184, 2018.

MANOVICH, Lev. Poetics of augmented space. Visual Communication, Londres, Sage Publications, v. 5, n. 2, p. 219-240, 2006.

MANOVICH, Lev. The language of new media. Massachusetts: The MIT Press, 2001.

SANTAELA, Lucia. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2007.

SCHÖNHAMMER, Rainer. The Walkman and the primary world of the senses. Phenomenology + Pedagogy, [S. l.], v. 7, p. 127-144, 1989.

SHAW, Jeffrey. O cinema digitalmente expandido: o cinema depois do filme. In: LEÃO, Lúcia (org.). O chip e o caleidoscópio: reflexões sobre as novas mídias. São Paulo: Senac, 2005.

SIMPSON, Bennett. Walk on By - Janett Cardiff. Frieze, [S. l.], 4 Apr. 2002. Disponível em: https://www.frieze.com/article/walk. Acesso em: 10 out. 2020.

TUTERS, Mark; VARNELIS, Kazys. Beyond locative media: giving shape to the Internet of things. Leonardo, [S. l.], v. 39, n. 4, p. 357-326, 2006.

Downloads

Publicado

31-12-2020

Como Citar

Lopes, T., & Fischer, G. (2020). Escavações de audiovisualidades em narrativas site-specific. Comunicação &Amp; Informação, 23. https://doi.org/10.5216/ci.v23.66356

Edição

Seção

Dossiê Cinema, Mídia e Tecnologia – narrativas e linguagens nas paisagens