A geração alpha no (re)iventar da nova biblioteca escolar

um chamado à ‘missão’ da biblioteca, um chamado ao real ofícios dos bibliotecários

Autores

  • CARVALHO Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil, e-mail: sandramsc@hotmail.com
  • CARDOSO Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil, e-mail: antonio.cardoso@ufes.br
  • Prof. MIGUEL Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil, e-mail: marcelo.miguel@edu.ufes.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/ci.v24.64527

Palavras-chave:

Geração Alpha., Biblioteca escolar., Análise do discurso., Nativos digitais., Sociedade do conhecimento.

Resumo

Analisa as projeções imaginárias do estudante da Geração Alpha no processo de significação discursiva ao explanar o construto da biblioteca escolar e assim, se alcança as representações oratórias das descobertas que a ambiência arquiteta nos novos nativos digitais. A análise de discurso é a base teórica e metodológica que fundamenta o estudo e, as entrevistas com os estudantes são o fio condutor do processo de significação discursiva acerca da ambiência e suas transformações. O resultado sumariza a historicidade do discurso e abre reflexões acerca do corpus temático de sentidos embutindo na fala dos discentes. Conclui-se que as crianças veem a biblioteca como um lócus específico de livros – novos, de diferentes estilos, de distintos suportes, com dever lúdico e interativo; e nisso, a instituição deve ter o bibliotecário como um mediador da informação, um ser capaz de se reinventar constantemente e atuar em multivias dinâmicas e sociodigitais de cidadania e da pratica leitora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

CARVALHO , Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil, e-mail: sandramsc@hotmail.com

Prefeitura Municipal de Vila Velha-ES; Universidade Federal do Espírito Santo (UFES); UUniversidade Federal do Espírito Santo – UFES, MBA e Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Atuante no ramo da Ação e Animação cultural, desenvolvendo trabalhos sociais e educativos em bibliotecas escolares 
https://redepso.academia.edu/SandraMariaSouzaCarvalho

ORCID iD http://orcid.org/0000-0002-7418-1874
URL https://scholar.google.com.br/citations?user=Ph7qsWUAAAAJ&hl=pt-BR

CARDOSO, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil, e-mail: antonio.cardoso@ufes.br

Doutor em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA - 2010),  mestre em Informática pela Universidade Federal do Espírito Santo (2003), especialista em Administração pela Faculdades Integradas Espirito-santense (1997) e  graduado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de São Carlos (1988). Atualmente, professor do Departamento de Biblioteconomia da Universidade Federal do Espírito Santo. 

ORCID iD http://orcid.org/0000-0003-2180-3980
URL http://www.biblioteconomia.ufes.br/antonio-luiz-mattos-de-souza-cardoso

Prof. MIGUEL, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil, e-mail: marcelo.miguel@edu.ufes.br

Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Bacharelado em Ciência Contábeis pela Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais (FEAD) e Aperfeiçoamento em Educação Científica: Educação não formal em Ciência e Tecnologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente, é discente do Curso de Administração (Ufes) e da pós-graduando em Matemática Financeira e Estatística; atua no ramo da Consultoria Informacional, com foco em normalização, estruturação e revisão de projetos e pesquisas acadêmico-científicas; ministra aulas sobre metodologia científica; e é pesquisador atuante no ramo da Educação a distância, Educação não formal em Ciência e Tecnologia, Normalização de Trabalhos Científicos e na Produção & Avaliação de Materiais didático-pedagógicos.
Contato principal para correspondência.

ORCID iD http://orcid.org/0000-0002-7876-9392
URL https://ufes.academia.edu/MiguelMarceloCalderari

Referências

ANDRADE, Maria Eugênia Albino. A biblioteca faz a diferença. In. CAMPELLO, Bernadete Santos et al. A Biblioteca escolar: temas para uma prática pedagógica. Belo Horizonte: Autêntica, 2008, p. 13-15.

ANDRION, Roseli. Geração alpha: o que esperar dos jovens que já nasceram ultra conectados. Olhar digital, [S. l.], 13 jun. 2020. Disponível em: https://olhardigital.com.br/video/geracao-alpha-o-que-esperar-dos-jovens-que-ja-nasceram-ultraconectados/102106. Acesso em: 17 out. 2019.

ARAUJO, Iliana Maria de Almeida; OLIVEIRA, Marcos Venícius de; FERNANDES, Ana Fátima Carvalho. Compreensão do modelo de king sobre o paradigma do Interacionismo Simbólico. Rev. bras. enferm., Brasília , v. 58, n. 6, p. 715-718, dez. 2005. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0034-71672005000600016. Acesso em: 17 fev. 2019.

BASTOS, Gustavo Grandini; PACÍFICO, Soraya Maria Romano; ROMÃO Lucília Maria Souza. Biblioteca escolar: espaço de silêncio e interdição. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 7, n. 2, p. 621-637, 2020. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/3238/2878. Acesso em: 27-jun.-2020.

CAMPELLO, Bernadete Santos. A competência informacional na educação para o século XXI. In. CAMPELLO, Bernadete Santos et al. A Biblioteca escolar: temas para uma prática pedagógica. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2008. p. 9-11.

CAMPELLO, Bernadete Santos. Letramento informacional: função educativa do bibliotecário na escola. Belo Horizonte: Autêntica, 2009. 79 p.

COURTINE, Jean Jacques. Análise do Discurso Político: o discurso comunista endereçado aos cristãos. São Carlos, SP: EdUFSCar, 2009.

FERNANDES, Cleudemar Alves. Análise do Discurso: reflexões introdutórias. São Carlos: Clara Luz, 2007.

FRAGOSO, Graça Maria. Biblioteca na escola. Revista ACB, Florianópolis, v. 7, n. 1, p. 124-131, ago. 2005. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/380/460. Acesso em: 4 jul. 2020.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra, 2014. 253 p.

FÚRIA, Fernanda. Entenda as diferenças entre as gerações X, Y, Z e Alpha. Playground da inovação, Florianópolis, jun. 2014. Disponível em: https://www.playground-inovacao.com.br/entenda-as-diferencas-entre-as-geracoes-x-y-z-e-alpha/. Acesso em: 27 jun. 2019.

FURTADO, Cassia Cordeiro. Geração Alpha e a leitura literária: os aplicativos de literatura - serviços incentivam a prática? RBBD, v. 15, p. 418-431, 2019. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/134499. Acesso em: 4 jul.-2020.

FURTADO, Cassia Cordeiro; OLIVEIRA, Lídia. Literatura-serviço: a literatura infantil para a geração Alpha. Páginas A&B, Arquivos e Bibliotecas (Portugal), n. Especial, p. 60-73, 2020. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/140467. Acesso em: 04-jul.-2020.

GADET, Francoise; HAK, Tony. Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pacheux. Campinas: UNICAMP, 1997.

IFLA. Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias. Manifesto IFLA/UNESCO para biblioteca escolar. [S. l]: UNESCO, 1999. Disponível em: https://www.ifla.org/publications/iflaunesco-school-library-manifesto-1999. Acesso em: 30 abr. 2020.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2005. 315 p.

MAROTO, L. H. Biblioteca escolar, eis a questão: do espaço do castigo ao centro do fazer educativo. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

MARTINS, Milena Ribeiro. Três Questões Sobre Formação De Leitores: Bibliotecas Escolares, Prática De Leitura E Fragmentação. Revista De Letras Juçara, Caxias, v. 3, n. 2, p. 6-17, 31 dez. 2019. Disponível em: http://ppg.revistas.uema.br/index.php/jucara/article/view/2049. Acesso em: 20 abr. 2020.

MCCRINDLE, Mark. Understanding Generation Alpha. New South Wales: The McCrindle Blog, 2009. Disponível em: https://mccrindle.com.au/insights/blog/gen-alpha-defined/. Acesso em: 21 mar. 2020.

MILL, Daniel (org.). Dicionário crítico de educação e tecnologias e de educação à distância. Campinas: Papirus, 2018. p. 290-301.

MUSSIO, Simone Cristina; VALIDÓRIO, Valéria Cristiane; SILVA, William Barbosa da. A influência das tecnologias no comportamento das gerações atuais: ferramentas para o aprendizado de línguas estrangeiras. Revista CBTecLE, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 1-21, 2019. Disponível em: https://revista.cbtecle.com.br/index.php/CBTecLE/article/view/112019177. Acesso em: 4 jul.-2020.

NUNES, Lygia Bojunga. Livro: um encontro com Lygia. 2. ed. Rio de Janeiro: Agir, 1990.

OLIVEIRA, Verônica Alves de; CRUZ, Breno de Paula Andrade. Geração Alfa e as possibilidades de futuras pesquisas em marketing. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING DA ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING - ESPM, 9., 2016, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: ESPM, 2016. p. 1-13. Disponível em: http://ocs.espm.br/index.php/simposio2016/C2016/paper/view/33. Acesso em: 4 maio 2020.

ORTEGA Y GASSET, José. Missão do bibliotecário. Brasília, DF: Briquet de Lemos Livros; 2006. 82 p.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do obvio. Campinas: Unicamp, 1995. 317p.

POSSENTI, Sírio. Discurso, estilo e subjetividade. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001. 218 p.

SEVERINO, Amanda Vilamoski; BEDIN, Sonali Paula Molin. O bibliotecário como disseminador da informação nas escolas. In: BLATTMANN, Úrsula; VIANNA, William Barbosa (org.). Inovação em escolas com bibliotecas. Florianópolis: Dois Por Quatro, 2016. p. 113-135.

SILVA, Ezequiel Theodoro da. Biblioteca escolar: quem cuida? In: GARCIA, Edson Gabriel; NERY, Alfredina (org.). Biblioteca escolar: estrutura e funcionamento. São Paulo: Loyola, 1989, p. 27-23.

VIEGAS, Raissa Oliveira de Melo Costa. Geração alpha: um estudo de caso no núcleo de educação infantil da UFRN. 2015. 75f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Administração) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015. Disponível em: https://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/3656. Acesso em: 14 maio 2020.

Downloads

Publicado

30-08-2021

Como Citar

CARVALHO, S. M. S. de .; CARDDOSO, A. L. M. de S. .; MIGUEL, M. C. . A geração alpha no (re)iventar da nova biblioteca escolar: um chamado à ‘missão’ da biblioteca, um chamado ao real ofícios dos bibliotecários. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 24, 2021. DOI: 10.5216/ci.v24.64527. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/64527. Acesso em: 28 nov. 2021.